Em formação

Por que nunca houve um canhão ou besta do estilo tachanka?


Parece haver uma linha clara de progressão para muitas armas. Por exemplo, no oeste, as bestas foram montadas em carroças pelo Império Romano, enquanto no leste, elas foram montadas em camelos. O Zamburak é uma clara melhoria no "camelo de besta", pois um canhão em vez da besta é usado, dando mais poder de fogo. Mas falta uma melhoria semelhante no oeste, pelo menos até o advento do tachanka. Porque? A resposta óbvia parece ser recuo, mas por que então os Zamburaks eram viáveis? Talvez a possibilidade tenha sido simplesmente esquecida?


Um tachanka é um carrinho com uma metralhadora montada nele. O que te faz pensar que o canhão não foi montado dessa forma?

  • Para um canhão montado de forma que a arma e a tripulação fiquem no carrinho, consulte o Krupp Ballonabwehrkanone.
  • E é claro que havia muitos canhões onde a tripulação desmontava da carroça para atirar.

Sim, existia, mas (como o recuo era de fato um problema) teve que esperar o desenvolvimento de algumas tecnologias.

Primeiro, pense na diferença de uso de caso entre o zamburak. O primeiro foi usado por nações não industrializadas, que estavam lutando contra inimigos que não podiam usar um grande número de canhões "verdadeiros". Contra essas tropas indefesas, os usuários do zamburak podiam ficar fora do alcance das armas inimigas e assediá-los com suas armas. Se tivessem que atacar um inimigo com um bom apoio de artilharia, teriam sido dizimados antes de entrarem no campo de tiro.

Agora, em conflitos mais modernos e industrializados, os canhões apareciam por toda parte, e usavam propelentes melhores (= mais recuo) que a pólvora negra. Assim, pequenas peças de artilharia não tinham alcance ou potência para serem eficazes e seriam muito fáceis de destruir, peças maiores seriam difíceis de transportar e arrancariam veículos despreparados.

Portanto, para que as peças de artilharia normais fossem eficazes, você precisava de veículos projetados para transportá-las e dispará-las, e assim surgiu a artilharia autopropelida. Alguns anos depois, pensava-se que (uma vez que montar os canhões em veículos resultava em um alvo muito vulnerável ao fogo da artilharia inimiga) seria bom ter alguns canhões construídos com blindagem pesada ao redor para que pudessem ser usados ​​no ataque de pontos fortes do inimigo, e assim nasceu a arma de assalto.(Imagem de https://en.wikipedia.org/wiki/Sturmgesch%C3%BCtz_III)

Para a aparição de uma peça de artilharia que fosse eficaz e leve o suficiente (e sem tanto recuo), você teria que esperar para:

  • Rifles Recoilles que podem ser montados em veículos leves como o Jeep (imagem de https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Jeep-with-recoilless-rifle-batey-haosef-1.jpg">Katyusha estava mais de acordo com o conceito original de lançar um ataque não muito preciso contra uma massa de tropas e então recue (ou pelo menos mude de posição) rapidamente.(Imagem de https://en.wikipedia.org/wiki/Katyusha_rocket_launcher)


Vocês esqueceram completamente a carroça de guerra do século 15. Durante as guerras hussitas, o vagão de guerra teve um momento de glória, quebrando um cerco na formação de colunas durante a Batalha de Kutná Hora.

No entanto, em 21 de dezembro, Zizka agrupou seus vagões de guerra em uma coluna e atacou as linhas inimigas. Os carroções de batalha avançaram rapidamente, com todas as armas em chamas. A coluna abriu um buraco na linha de Sigismundo, permitindo que os taboritas escapassem do cerco.

No entanto, tudo isso aconteceu após a invasão mongol da Europa. Os mongóis são os verdadeiros progenitores da guerra móvel.


Bowcaster

Solicita-se que este artigo, ou uma seção deste artigo, seja expandido.

Veja o pedido na lista ou na página de discussão deste artigo. Assim que as melhorias forem concluídas, você pode remover este aviso e a listagem da página.


Personalidade

Personalidade Normal

Tubbo faz o papel de um ajudante hiperativo, sério e um tanto ingênuo. Ele costuma ser visto seguindo Tommy, geralmente ajudando-o em suas travessuras e travessuras. Tubbo é bastante tranquilo e otimista, embora um pouco fleumático, e tende a ser mais um seguidor do que um líder. Ele gosta de fazer o que mandam e é fácil de empurrar, o que lhe causou vários problemas no passado. Ele seguirá o fluxo da maioria das coisas, desde que não interfiram diretamente em sua moral, à qual ele se mantém muito próximo. Tubbo ouve vozes em sua cabeça, e disse que é isso que seu bate-papo no Twitch está no cânone do SMP.

Tubbo é um tanto disperso, mas uma pessoa leal e boa em todos os aspectos. Ele sabe o que pode e o que não pode fazer e prefere apenas ficar dentro de seus próprios limites. Ele também é muito leal, sabendo onde reside sua lealdade, e é um mentiroso pobre quando se trata de enfrentar autoridades como Schlatt ou Wilbur - mesmo quando sabe que é a coisa moralmente certa a fazer. Ele mostra uma capacidade surpreendente de manipulação de situações, indicando que seu personagem é mais inteligente do que normalmente demonstra. Tubbo conhece quase todas as falhas e exploit no Minecraft e é capaz de trabalhar com redstone básico e superior. Ele também é um dos melhores construtores do servidor, o que o torna um ativo valioso.

Pogtopian Spy

Como espião de Pogtopia, a lealdade de Tubbo para com Tommy e Wilbur era sua prioridade, embora tenha sido colocada em águas rochosas quando ele se tornou o braço direito de Jschlatt. Ele a princípio se submeteu à autoridade de Schlatt e tentou caçar os dois, mas devido a sua moral e sua amizade com os fugitivos, ele decidiu que fazer a coisa certa era mais importante do que se dobrar ao poder e decidiu se tornar um espião, fazendo assim com que seu personagem feche o círculo. Ele permaneceu um idiota apaixonado e atencioso que mantinha sua inteligência sob o radar para evitar suspeitas. Ele permaneceu extremamente leal aos seus aliados originais e nunca os traiu, mesmo quando lhe foi oferecido o maior dos subornos.

Tubbo era frequentemente esquecido em favor de sua contraparte arrogante, no entanto, e muitas vezes tinha suas próprias boas ações ignoradas por quem quer que fosse a autoridade sob a qual estava. Em várias ocasiões, ele acabou fazendo coisas contra sua vontade devido à dificuldade em dizer não e se defender. Após os eventos do Festival de Manberg, no entanto, ele se tornou muito mais aberto e defensivo. Ele ainda era extremamente firme, quase ao extremo, mas era capaz de falar por si mesmo e expressar suas opiniões com mais frequência.

Durante esse tempo, Wilbur disse que o alinhamento D & ampD de Tubbo era legalmente bom. & # 915 e # 93

Tubbo é legal, bom. Não importa a situação ou suas próprias opiniões sobre liderança, ele sempre seguirá os códigos e condutas que acredita para defender as leis de sua nação. (Tubbo até sentiu remorso como espião, apesar de saber que era a coisa certa a fazer moralmente)

—Wilbur no Reddit

Tubbo é legal, bom. Não importa a situação ou suas próprias opiniões sobre liderança, ele sempre seguirá os códigos e condutas que acredita para defender as leis de sua nação. (Tubbo até sentiu remorso como espião, apesar de saber que era a coisa certa a fazer moralmente)

L'Manberg Presidente

Tubbo mudou um pouco depois da Guerra Manberg vs Pogtopia. Como presidente do New L'Manberg democrata, ele procurava resolver o problema com as próprias mãos. Tubbo esperava provar que o país poderia dar uma guinada para melhor após os reinados desastrosos de Schlatt e Wilbur, e estava ansioso para terminar projetos e começar novos, pois sempre foi entusiasta de megaestruturas e construções. No início, Tubbo parecia se comportar de maneira semelhante a Wilbur durante os primeiros estágios de L'Manberg: um líder que não lutava, usava palavras e exibia um forte carisma.

No entanto, isso não durou muito, já que Tubbo cedeu facilmente sob a pressão de seus colegas de gabinete e de forças externas na tentativa de agradar seu povo e manter a nação segura. Isso significava que ele era frequentemente pressionado por outros, notadamente Quackity na formação do Exército de Açougueiros. Ele também exilou Tommy a pedido de Dream por medo das ameaças de Dream à nação, pois sentia que o bem-estar da nação era importante para ele proteger. Quando seus companheiros L'Manbergianos o confrontaram, e quando Fundy o acusou de agir como Schlatt, ele os criticou por não respeitar sua autoridade, já que muitas vezes não fora levado a sério o suficiente e finalmente havia chegado a um ponto de ruptura.

Depois que L'Manberg foi reformado em um estado comunista sob suas próprias ordens, Tubbo percebeu que a paz nem sempre era uma opção e voltou seu foco para a segurança das fronteiras e o fortalecimento das forças armadas em antecipação ao ataque de partidos estrangeiros. Apesar disso, ele não fez nenhum movimento para reforçar seu país contra ameaças externas, em vez disso, recorreu ao uso do Exército de Açougueiros e passou mais tempo roubando de seus próprios cidadãos sob o pretexto de "impostos". Ele começou a tomar decisões menos morais, incluindo segurar a execução da Technoblade sem julgamento. Ele também geralmente começou a se afastar dos princípios originais de L'Manberg de resolução pacífica e diplomática de conflitos.

Apesar de todas as suas falhas, Tubbo estava muito ciente de sua espiral descendente e de seus paralelos com Schlatt. Ele quase desabou em uma conversa com Ranboo, falando sobre como quase todos o haviam deixado, da mesma forma como todos haviam deixado o presidente anterior. Quando Quackity quis executar Ranboo por ser um traidor, Tubbo foi quem se apresentou e o defendeu, estando na mesma posição que um decorador de festival ao mesmo tempo que era um espião, e também indicando que seu personagem ainda estava sofrendo do trauma que sobrou do Festival de Manberg meses antes.

As principais falhas de Tubbo como líder de L'Manberg foram suas decisões míopes e suas visões perfeccionistas, bem como sua incapacidade de impedir que os outros o pressionassem. Tubbo só fez o que julgou melhor para o país no curto prazo. Ele exilou Tommy, mas não deu atenção ao que L'Manberg mais valorizava: o isolacionismo e a independência das escolhas de outras facções. Suas decisões idealistas e mal pensadas levaram a consequências que pareciam benéficas na época, mas que acabariam resultando em nada além de mais danos.

Na véspera da Guerra do Juízo Final, metade de sua própria força de defesa desertou ou saiu, sentindo-se como se Tubbo e L'Manberg nunca tivessem se importado com eles e com raiva dele por aceitar o retorno de Tommy sem acusá-lo pelos crimes que achavam que deveria. ser punido por.

Pós-Juízo Final

Embora Tubbo ainda apareça como sempre bobo, uma boa parte dele é uma fachada para suas dúvidas, raiva reprimida e PTSD. Após sua administração e os eventos da Guerra do Juízo Final, Tubbo demonstrou acreditar que foi o pior presidente a ocupar um cargo. Ele fundou Snowchester - no início, aparentemente para criar um refúgio seguro para ele e outros refugiados de L'Manberg viverem em paz - mas foi posteriormente revelado que ele tinha planos de criar armamento nuclear em Snowchester. Ele frequentemente afirmava que as armas nucleares eram para proteção e não para uso ativo, mas, no entanto, sua existência indicava que os eventos durante o servidor deixaram a impressão de que ser mais poderoso do que os outros era a única maneira de estar seguro, como Dream e Technoblade provaram consistentemente ao longo do enredo do Dream SMP. Ele construiu as armas nucleares de aparente paranóia e culpa por seu fracasso anterior com o objetivo de proteger a si mesmo e aos outros residentes de forças externas. Embora tenha construído armamento nuclear, ele não os destruiu quando Dream disse que se importava com os acessórios dos itens, não com as pessoas.

Durante os eventos do Confronto do Disco, quando Dream estava ameaçando matá-lo, Tubbo disse a Tommy para ficar com Mellohi e deixá-lo morrer, dizendo que o disco era mais importante do que ele. Tommy o ignorou e deu o disco para Dream de qualquer maneira, o que pareceu chatear Tubbo. Mais tarde, quando Dream deu a Tubbo e Tommy tempo para "dizerem adeus", Tubbo mais uma vez demonstrou um comportamento suicida passivamente. Ele disse a Tommy, que protestava veementemente, para desistir e aceitar sua morte, como ele mesmo já havia feito. Tubbo disse que "já fez o suficiente na vida" e que já era "hora" de morrer, não demonstrando resistência ao conceito. Ele foi salvo pela chegada de Punz e o resto dos membros do SMP que se juntaram a eles, mas sem sua interrupção, parece que Tubbo teria morrido voluntariamente para proteger Tommy e os discos. De maneira semelhante, após sua interação com o Ovo, Tubbo se desviou repetidamente em direção a cubos de lava e magma - e embora as ações provavelmente tenham sido exageradas de propósito, ainda mostra que sua saúde mental havia piorado ao longo de sua presidência de L'Manberg , e ele precisará de tempo para se curar dos efeitos que teve sobre ele.

Imperfeições

Tubbo é incrivelmente confiável, leal e pronto para dar a todos o benefício da dúvida. Embora isso não seja inerentemente uma falha, muitas vezes leva à sua manipulação, pois as pessoas facilmente ganham sua confiança para cumprir seus próprios planos. Como alguém que frequentemente se encontra em posições de poder, essa característica é incrivelmente perigosa, com Tommy, Quackity, Dream e Jack usando-o ou fazendo-o acreditar em coisas em momentos diferentes para atingir seus próprios objetivos pessoais.

Tubbo freqüentemente é imprudente e coloca em risco a si mesmo e aos outros na busca por um futuro idealizado. Sua atitude perfeccionista obscurece seu julgamento no presente. Por exemplo, ele ficou incrivelmente obcecado em "consertar" os problemas de memória de Ranboo em um esforço equivocado para ajudá-lo, ignorando que Ranboo não queria que outros afetassem sua memória e que a primeira tentativa de seu procedimento quase matou Ranboo.

Saúde mental

Tubbo luta com questões de valor próprio e auto-estima. Ele é passivo quando os outros criticam suas ações e é facilmente impressionável, levando as críticas a sério e permitindo a si mesmo e aos outros acreditarem em sua fraqueza. Um exemplo disso é quando Tommy, em um acesso de raiva, disse a Tubbo no Green Festival que os discos valiam mais do que ele & # 916 & # 93 embora Tubbo estivesse ferido, ele nunca argumentou contra isso e mais tarde pediu a Tommy para deixá-lo morrer em troca dos discos várias vezes durante o confronto do disco. & # 917 & # 93 & # 918 & # 93 Outro exemplo também ocorreu no Green Festival quando Dream chamou Tubbo de idiota e o pior presidente que L'Manberg já teve & # 919 & # 93 Tubbo mais tarde se culpou pela destruição de L'Manberg porque ele acreditava que era um mau presidente para a nação, e ele acreditava que essa crença se devia, pelo menos em parte, ao discurso de Dream.

Ele também tende a ser pessimista ou realista sem demonstrar, falando em tons otimistas, mas agindo de maneira completamente diferente. Um exemplo disso é o Confronto do Disco e a conversa que ele teve com Tommy enquanto eles estavam viajando em direção à montanha do Sonho, ele falou com otimismo sobre as chances deles, & # 9110 & # 93 ainda durante o confronto em si, ele aceitou de bom grado sua entrada morte e pediu a Tommy para ficar com os discos e sacrificar Tubbo por eles. & # 917 & # 93 & # 918 & # 93

Ele geralmente é muito abnegado, até o ponto de colocar um interruptor suicida dentro das armas nucleares construídas como parte do Projeto Dreamcatcher, & # 9111 & # 93 indicando sua vontade de morrer se isso significar manter seus entes queridos em segurança. Outro exemplo disso é quando ele pulou na frente de um dos fogos de artifício da Technoblade durante a Guerra do Juízo Final em uma tentativa de proteger Tommy, o que resultou na morte de ambos (não canonicamente). & # 9112 & # 93 Apesar de ter apenas uma vida canônica restante, ele geralmente não parece se importar muito com a morte, & # 9113 & # 93 e continua a agir de forma imprudente. & # 9114 & # 93

Ele também afirmou que, se forçado a escolher entre Tommy e Ranboo, ele prefere "sair da equação". & # 9115 & # 93

Tubbo também faz uso ocasional de drogas e / ou álcool, tanto em momentos alegres quanto em momentos mais sérios. Exemplos disso são a festa "Big Drama" de Connor em 23 de janeiro de 2021, & # 9116 & # 93, após o sucesso do lançamento de teste do Project Dreamcatcher em 26 de janeiro de 2021, & # 9117 & # 93 e as consequências de exilar Tommy em 4 de dezembro , 2020. & # 9118 & # 93 Ele também costumava comer peixes-balão, chamando-os de "apaziguadores do estresse" e até mesmo oferecendo-os a outras pessoas. Tommy também fez poções de Tubbo (drogas) como um presente em uma tentativa de aplacar Tubbo e impedi-lo de exilar Tommy de L'Manberg. & # 9119 & # 93

Alter Egos

Tubbo freqüentemente interpreta "personagens" que agem de forma diferente de seu eu usual. Ele até culpa alguns deles pelas ações que cometeu, dizendo que não foram cometidas por ele, mas pelos personagens / alter egos.

Big Law

Big Law apareceu pela primeira vez no stream de Fundy em 11 de agosto de 2020. & # 9120 & # 93 Ele retornou no stream de Tommy em 14 de agosto de 2020. & # 9121 & # 93 Ele é muito sério e legal, não respeita autoridade ou discriminação , dizendo que ele está "acima da lei". Big Law às vezes é repreendido pela mãe de Tubbo, dizendo-lhe para parar de gritar e falar alto. A Grande Lei costuma aparecer quando Tubbo come biscoitos, quase nada mais funciona para invocar a Grande Lei, exceto este método.

Grande crime

O Big Crime é essencialmente o oposto do Big Law. Ele é um criminoso que mata e rouba sem justa causa. Ele observa as pessoas atentamente, observando todos os seus movimentos. Ele também não respeita a autoridade, mas de uma forma muito diferente da de Big Law.

Toob

Toob também conhecido como Toobo, era uma personalidade complexa e não se sabe muito sobre ele. Ele foi criado em 20 de setembro de 2020, na noite das Eleições de L'Manberg. & # 9122 & # 93 Essa identidade, no entanto, teve vida curta, pois Toob se matou e imediatamente tornou-se Tubbo normal novamente quando as pessoas entraram no servidor para a eleição. & # 9123 & # 93

Arquivista Tubbo

O arquivista Tubbo é um alter ego que se embaralha, triste e chorando. Ele também é conhecido como Subbo ou Drubbo. Ele foi criado em 2 de outubro de 2020, quando Tubbo foi feito refém por Tommy e Technoblade para minerar paralelepípedos. & # 9124 & # 93 Ele também afirma ter inalado pedras e fala sobre os arquivos da Roma Antiga. Ele reapareceu em 7 de maio de 2021, quando mais uma vez minerando pedra para Tommy e Ranboo, & # 9125 & # 93 primeiro solicitando uma maçã e depois "as escrituras". Ele também usou TNT para cavar um buraco mais profundo.

Dra. Theropiest Bo

Tubbo, mas ele é um "terópico" (soletrado errado de propósito pelo próprio Tubbo, provavelmente como uma piada). Ele vende vários 'sabores terópicos', como sabor em pó blaze, sabor ender e sabor maçã. Seu primeiro paciente foi Tommy, que tinha um medo estranho de galinhas e suas entranhas. Ele ajudou Tommy a derrubar a estrutura construída por Eret para cobrir L'Manberg na escuridão, mas ele não foi visto desde então.

Banheira / banheira

Tubbath era o alter-ego de Tubbo quando Tommy fez Tubbo sentar em uma banheira para produzir água de banho que eles poderiam vender para outros membros do SMP em 19 de outubro de 2020. & # 9126 & # 93

Necromante Tubbo

Este alter ego apareceu em 9 de janeiro de 2021, quando Tubbo decidiu fazer alguns experimentos em Ranboo e tentou trazer suas memórias de volta. & # 9127 & # 93 Ele alegou ser um feiticeiro licenciado e expressou um interesse perturbador por atividades violentas.

Gestor de projeto

O gerente de projeto é usado para aconselhar os construtores. Ele apareceu para ajudar Ranboo durante a reconstrução de onde morava. Ele também não pode se mover muito e precisa de ajuda para se mover às vezes.

Charlie

Charlie é um alter ego fortemente autotuned de Tubbo. Ele foi criado durante a transmissão de Ranboo em 25 de fevereiro de 2021, & # 9128 & # 93 & # 9129 & # 93 e é potencialmente uma referência de como Slimecicle usa autotune pesado para conteúdo às vezes. Charlie não tem ossos, pois os comeu. & # 9130 & # 93

Tubbo Desequilibrado

O Unhinged Tubbo foi criado durante a transmissão de Philza em 7 de abril de 2021. O Unhinged Tubbo fala em uma voz grave e aguda, incompreensível, criada ao inspirar enquanto fala. Unhinged Tubbo desapareceu quando Tubbo parou devido à dor de garganta, e "Old Bastard" e "L O L" são alguns de seus bordões. Ele também chamou um slime de "Squishy Fuck". No mesmo dia, no stream de Ranboo, ele perdeu completamente a voz.

Pubbo

O Pubbo foi criado no córrego de Ranboo em 4 de junho de 2021. Pubbo é um corpo invisível e um par de calças netherite. Pubbo mora nas ruínas de L'Manberg. Ele afirmou que seu "criador" estava na prisão, e que seu pai está morto e vivo (seu pai morreu, mas "ainda está aqui", e o "criador" o quer morto). Pubbo perdeu duas de suas vidas canônicas. Pubbo não está associado a Jesus Cristo. Pubbo é a pessoa mais feliz do mundo.


Personalidade

Ranboo é um membro simpático e educado do servidor. Ele é um dos membros mais passivos do SMP, mostrando hesitação em matar Connor quando Tommy lhe pediu para mostrar a porta. Ele prefere conversar sobre as coisas do que usar armas. Ele evita matar endermen, indo ao extremo para negociar com piglins para obter pérolas ender, já que matar endermen é essencialmente um assassinato para ele. Além disso, ele se apega a animais com muita facilidade e tem uma das contagens totais de animais de estimação mais altas no servidor. Ele tende a adotar novos animais de estimação por capricho, como adotar um coelho chamado Ranbun simplesmente pelo fato de se parecer com ele.

Ranboo é muito leal aos amigos e às pessoas que o ajudaram. Em vez de ter lealdade a um país específico como L'Manberg, Ranboo tenta ser leal às pessoas, pensando que tomar partido é o que causa todos os problemas no servidor. No entanto, devido a isso, Ranboo pode parecer infiel ou parecer um traidor de outras pessoas. Ele também protege muito as pessoas em quem confia e fará de tudo para mantê-las seguras. & # 9132 & # 93

Ranboo sucumbe facilmente à pressão dos colegas e está ciente disso. Freqüentemente, ele é pressionado a fazer coisas que não quer ou que sabe que são erradas. Embora Ranboo muitas vezes acabe em situações embaraçosas devido a isso, ele também tende a perdoar as pessoas, mesmo aquelas que o pressionaram ou injustiçaram. Ele está sempre disposto a ajudar as pessoas - mesmo às vezes as pessoas das quais ele é tecnicamente inimigo.

Devido às lágrimas serem água e, portanto, machucá-lo, Ranboo tenta evitar o choro. Sempre que chega perto de chorar, ele reprime suas emoções, geralmente por meio da negação ou evitação. Ele também fala consigo mesmo na segunda pessoa para se acalmar, mas pode se empolgar fazendo isso. & # 9133 & # 93

Imperfeições

A memória de curto prazo de Ranboo e a falta de habilidade para lidar com a pressão dos colegas significa que ele pode ser frequentemente manipulado para dizer a verdade, mesmo em casos que prejudicariam alguns de seus amigos. Como tal, é difícil para ele guardar um segredo ou lembrar-se de um. Ranboo deseja estabelecer relações amigáveis ​​com a maioria das pessoas no servidor, mas em sua busca para estar "do lado de todos", ele frequentemente ofende ou confunde aqueles ao seu redor, tentando manter uma boa relação com eles e com as pessoas que feriram ou mataram eles. Ele também tem um certo complexo de superioridade moral, muitas vezes visto classificando aqueles que não compartilham de seus ideais como "ignorantes" ou "egoístas".

Outra de suas falhas é sua indecisão e negação. Ele freqüentemente muda de ideia em coisas como decisões futuras ou crenças morais. Ele também às vezes luta para aceitar as coisas que fez (geralmente as maneiras como ajudou a Sonhar em seu estado de enderwalk, ou as maneiras como ele supostamente traiu seus amigos), em vez de escolher ignorá-los e negar que tenham acontecido, o que leva ao perigo daqueles ao seu redor . Seus problemas de memória só pioram isso, já que ele nunca pode ter certeza absoluta do que é real.

Alinhamento D & ampD

De acordo com o próprio Ranboo, o alinhamento de D&D de seu personagem pode estar em qualquer lugar e é totalmente dependente de sua estabilidade mental. & # 9134 & # 93


Personalidade

Personalidade principal

Tommy tem uma personalidade caótica e orgulhosa, que muitas vezes o leva a conflitos com outros membros. Ele também tende a ser confiante em si mesmo e em suas próprias habilidades. No entanto, quando ele perde, ele entra em um estado de tristeza antes de se recuperar e começar a brigar novamente.

Em forte contraste com Dream, Tommy mostrou um tema pesado de apego e sentimentalismo. Ele se preocupava profundamente com sua vaca de estimação, Henry, e é muito protetor com as pessoas de quem gosta. & # 9113 & # 93 & # 9114 & # 93 & # 9115 & # 93 & # 9116 & # 93 & # 9117 & # 93 & # 9118 & # 93 Ele também idolatrava Wilbur durante os primeiros dias de L'Manberg, tornando-se seu segundo em comando. Seu apego aos seus discos de música, especialmente Cat e Mellohi, foi a força motriz do conflito conhecido como Disc Saga, e também foi o que Dream citou como sua razão para perceber que o apego era uma fraqueza, fazendo com que o Dream cortasse todos os seus próprios laços. teve para o servidor. & # 9119 & # 93

Independência de L'Manbergian

Antes da guerra, Tommy lutou contra sua dedicação a L'Manberg. Ele demorou um pouco para decidir se queria continuar morando em sua casa ou na nova nação. No final da guerra, porém, Tommy se dedicou a L'Manberg o suficiente para doar seus bens mais valiosos, os dois discos 'Cat' e 'Mellohi', a fim de garantir a independência de L'Manberg. & # 9120 & # 93

Depois de perder esses discos, o ego de Tommy murcha. Ele passou o período entre a guerra e as eleições construindo uma casa de férias com sua vaca de estimação, Henry, & # 9121 & # 93, deitando-se e tentando não criar conflitos. No entanto, ele se envolveu em um conflito que resultou em uma luta contra o Dream para reivindicar seus discos e o Railway Skirmish. & # 9122 & # 93

Eleição e rebelião de Manberg

Durante a eleição, a moral de Tommy tornou-se um tanto distorcida. Ele caluniou Quackity, mentiu para Wilbur, assassinou pessoas por seus votos e geralmente fez o que precisava para ganhar votos. A perda da eleição também levou à separação de seu melhor amigo, Tubbo.

Durante seu banimento de L'Manberg, Tommy finalmente percebeu que estava forçando as pessoas a se afastarem dele com seu comportamento desagradável e doentio. Enquanto Tommy passava por mais fases em que causava problemas para chamar a atenção, ele aprendeu mais sobre as pessoas de quem gostava. Ele percebeu que Wilbur havia sofrido muito mentalmente e tentou várias vezes convencê-lo a não perder as esperanças e não explodir L'Manberg. Ele descobriu quem eram seus verdadeiros aliados e continuou a lutar por eles.

Tommy ainda é teimosamente leal àquilo em que acredita e às pessoas em quem confia, não importa o quanto as coisas mudem. No entanto, ele aprendeu a perceber quando leva as coisas longe demais e não hesita em impedir que outros machuquem seus amigos.

Pós-exílio

Após seu exílio do Greater Dream SMP e L'Manberg, a principal personalidade de Tommy permaneceu, mas ele cresceu a partir do estado de choque em que os eventos o colocaram. Ele começou a mostrar sinais de depressão e declínio geral da saúde mental, semelhante ao que Wilbur havia expressado. Às vezes, ele alucinava e tinha visões de Tubbo, que apenas ele e Ghostbur pareciam ser capazes de ver. & # 9123 & # 93 & # 9124 & # 93 Estas foram posteriormente confirmadas como alucinações quando Tubbo afirmou que nunca tinha estado em Logstedshire. & # 9125 & # 93 Depois de passar um tempo com Dream e Ghostbur, ele disse que tudo o que queria era estar com a civilização - apenas socializar e experimentar as alegrias da vida.

Confuso com o orgulho e a dúvida que constantemente se moviam em sua mente, Tommy desejava ter outras pessoas com ele. Ele estava apavorado com a ideia de estar sozinho, e até mesmo com a ideia de estar sem Sonho. Ele ficou tão desesperado pela companhia de outra pessoa a ponto de até considerar formar um vínculo com o Technoblade, que ele jurou ser inimigo depois que o Techno matou Tubbo no Festival de Manberg.

O orgulho e o ego de Tommy também pareciam ter diminuído, fazendo com que ele achasse difícil acreditar que Tubbo o visitaria. Como resultado, ele sempre ignorou as visões de Tubbo como uma alucinação. Ele parecia ter se apegado ao Dream, precisando dele como companhia, pois estava sempre checando o que Tommy estava fazendo. Ele até afirmou que "devia tudo ao Dream" e o via como um amigo. & # 9126 & # 93

No entanto, em 15 de dezembro, depois que Dream explodiu Logstedshire, Tommy percebeu que Dream estava apenas manipulando-o e fingindo ser seu amigo. Ele ganhou uma nova resolução, decidiu não tirar a própria vida e fugiu do exílio. Ele afirmou que iria enfrentar o Dream.

Era da Prisão

Com Dream na prisão e seus discos recuperados, Tommy parece muito mais calmo e menos extasiado com a maioria das coisas, embora ele ainda mantenha a maior parte de sua personalidade normal de antes de seu exílio. Tommy agora também acredita que as nações não são para ele, preferindo fazer as coisas à sua maneira.

Embora depois de sua visita com Dream e tirando sua vida canônica final e indo para a Vida após a morte, parece que ele cresceu o medo em relação à prisão e à menor coisa que o machuca. Devido a ele ter levado um soco até a morte por Dream na prisão.

Imperfeições

O orgulho e o ego de Tommy são freqüentemente vistos como partes do egoísmo, onde ele obsessivamente tenta obter o que considera ser seu por direito, sem se importar com o bem-estar dos outros. Por exemplo, ele voluntariamente cedeu os discos para Dream em troca da independência de L'Manberg, & # 9120 & # 93, mas imediatamente planejou roubá-los de volta, já que ele ainda os via como seus. Esse egoísmo tende a afastar ou incomodar as pessoas, pois muito do que ele vê como "seu" é roubado ou pertencente a uma comunidade.

Tommy também tende a ser incrivelmente míope, muitas vezes entrando em conflitos com pouca semelhança com um plano ou consideração das consequências. Isso muitas vezes o coloca em sérios problemas, onde de repente ele se torna dependente de outros para salvá-lo ou protegê-lo. Como resultado desse planejamento deficiente, muitas vezes ele fica sem materiais e ferramentas, optando por roubar de outras pessoas em vez de conseguir o equipamento adequado para si mesmo. Como um aditivo a isso, Tommy muitas vezes se recusa a assumir a responsabilidade por suas ações negativas, apesar de tornar flagrantemente óbvio que foi ele quem cometeu tal ação em primeiro lugar. Sua relutância em assumir a responsabilidade por suas ações às vezes pode se rebaixar a ponto de iluminar outras pessoas.

Saúde mental

Pré-exílio e após o segundo exílio

A saúde mental de Tommy involuntariamente havia sido um problema problemático desde o início da luta pela independência de L'Manberg, e estava visivelmente em forte declínio após seu segundo exílio. Depois de ser exposto e forçado a guerras e batalhas em uma idade jovem, ficou claro que Tommy tinha um desejo pela infância que ele e Tubbo perderam. Para recuperar o que lhe fora tirado, procurava constantemente substituí-lo por seus discos, tocando-os em seu banco enquanto assistia ao pôr-do-sol com Tubbo. Além dos discos, ele continuamente cometeu vários crimes com Tubbo. Ele acreditava que eram suaves e apenas para puro entretenimento, mas, mesmo assim, muitas vezes trazem consequências.

Durante o segundo exílio

O exílio de Tommy foi quando sua saúde mental foi questionada com mais destaque. Ele ficou perturbado porque Tubbo, que ele via como seu melhor amigo, não apenas o colocou no exílio, mas também não o visitou. Ghostbur tentou manter Tommy são durante a maior parte das primeiras partes do exílio, mas o estado mental de Tommy continuaria a piorar. A manipulação e a iluminação do sonho reforçando a impotência de Tommy e as ausências de Tubbo e L'Manberg foram fatores que contribuíram para o declínio mental de Tommy. It got so severe that Tommy was implied to be considering suicide on multiple occasions. ⎧] During Quackity's visit on December 14, 2020, he went so far as to attempt to kill himself several times at even minor incidents. ⎨] ⎩] He also generally engaged in self-destructive behavior, seeming to no longer care about keeping his health bar up, and would walk around on extremely low health, ⎪] even letting mobs hurt him without fighting back. He would also carry hay bales in the Nether to stop fall damage, but refuse to use them and land on the ground with extremely low health. ⎫] ⎬] ⎭] Tommy claimed to be unable to sleep at night, and often showed signs of sleepwalking when he could, often walking into the ocean and other bodies of water and being on the verge of drowning whenever he logged onto the server. ⎮] ⎯] He described this to Quackity, and also said he "never woke up from the nightmare that was life." & # 9136 & # 93

Tommy would often receive gifts from his friends from outside of exile. ⎱] However, Tommy would consistently insist that these gifts were out of pity and not genuine friendship. ⎲] This mindset contributed to Tommy's inevitable belief that no one cared about him, which was only further pushed by Dream, who insisted that this was true.

Tommy's friendships weren't the only thing that Dream manipulated. Dream negatively influenced Tommy in many ways. He sabotaged the beach party invites Ghostbur sent to the people of L'Manberg, acted as if he were Tommy's only friend, and almost daily would gather Tommy's gear and weapons to destroy them. ⎳] ⎴] This was all a part of an elaborate plan to keep Tommy powerless, but since only Dream would keep Tommy company, he believed Dream to be his only friend, even saying that he owed everything to him. ⎦] ⎵] He also had to endure gaslighting from Dream. & # 9142 & # 93

Tommy also showed signs of post-traumatic stress. He stated that Wilbur inviting Tommy to be the "bad guys" during his spiral in Pogtopia was all he could think about as he tried to sleep.

He also later began to believe that he deserved to be exiled, and began speaking about "not having much time left" as if his days were numbered. ⎷]

PTSD (Post-Traumatic Stress Disorder)

After leaving Logstedshire to live with Technoblade, Tommy's mental health drastically improved, and he started to act similarly to the way he had done pre-exile. His skin returned back to normal, his eyes regained their color, and he found that he'd gotten back the "pep in his step." Tommy also began to mention how things like the lava no longer were affecting him. He openly said that he was aware Dream had been manipulating him during his time in Logstedshire, yet couldn't help but want to come back to him.

Though, despite his mental health vastly improving whilst living with Techno, he still appeared to hold some regret for deserting Dream, voicing that he wished to see him again. Tommy also still had repetitive issues with how he felt about Dream, stating that thinking about him confused him. ⎸] Later on, Tommy also stated that he "didn't like who he was around Dream." ⎹]

During this period, Tommy began to experience anxiety and PTSD-like symptoms when returning to locations that held trauma from his past. Tommy's thoughts tends to get disjointed, which showed when he talked—he often sounded panicked and confused. He described this to Techno as his "head getting all spinny," and relied on him to tell him what to do in these situations. When Techno showed Tommy where he'd been able to escape from after his attempted execution, Tommy was horrified to find that it was the Final Control Room. ⎺] This was the place where he and the other L'Manbergians had originally been betrayed by Eret. Tommy could barely explain anything when Techno repeatedly asked him what had happened—all he could manage to say was that he didn't want to be there. He was struck by a similar scenario when he and Techno traveled back to Logstedshire, and was unable to stay there for very long before needing to leave. ⎻] ⎼]

Later, while visiting Dream, Tommy admitted that he had multiple triggers that relate to his various traumatic experiences in life. These include (but are not limited to):

  • Blackstone and blackstone bricks ⎽]⎾] (referencing the Final Control Room, Β]⎺] the L'Manberg Podium, Technoblade's vault, Dream's vault, and Pandora's Vault)
  • Lava (referencing his suicidal tendencies ⎧] during exile)
  • Plains biomes ⎻]⎼]⎿] (referencing the location of Logstedshire during his exile)
  • Heights (referencing the pillar he built on December 15, 2020, after the destruction of Logstedshire ⏀] )
  • Small holes in the ground ⏁] (referencing Dream digging holes for Tommy to drop his armor in to during exile ⎳]⎴] )
  • TNT (referencing the several detonations of L'Manberg during the L'Manberg Independence War, ⏂]Manberg vs Pogtopia War, ⏃] and the Doomsday War, ⏄] and Dream destroying Tommy's items during exile ⎳]⎴]⏅] )
  • Small, closed spaces (due to general claustrophobia however possibly also referencing the Final Control Room ⎺] and hiding in Technoblade's basement, ⏆] as well as hiding from Dream in Technoblade's house)
  • Obsidian ⎾]
  • Taking damage ⏇]⏈]⎾] (after his death by getting punched by Dream in Pandora's Vault Ζ] )
  • Potentially the musical Hamilton ⏉]⏊] (referencing how early L'Manberg was heavily based around the musical ⏋]⏌]⏍]⏎] )

Recuperação

Despite winning back his lifelong friend, Tubbo, Tommy still suffers from trust issues due to Eret and Wilbur, freezing in fright when he discovered that Ghostbur was serious when he said that he wanted Wilbur to come back. During the first attempt in resurrecting Wilbur, Tommy seemed scared even, whispering out Wilbur's name and muttering, "oh no. " He then raged, crying out for Ghostbur's name and holding onto the blue that Ghostbur held. It's obvious Tommy is more comfortable with Ghostbur than Wilbur, and doesn't want him to return. Though Ghostbur wanted to bring back Wilbur, Tommy decided that he didn't want to take part in this, and left.

Despite most of the server allied with Tommy against Dream, many people were planning to kill Tommy for their own benefit. Awesamdude and CaptainPuffy hope to help him recover from his trauma. They have been using their own techniques as well, such as implementing Tommy's favorite game, Animal Crossing, and making a therapy building for those who felt that they needed it. Though it seems that Awesamdude failed at getting Tommy's trust, as he had left Tommy to die by Dream when Tommy was visiting him. And leaving Ghostbur behind with Dream and forcing Tommy to not go there or else he would kill him. But it seems that Tommy sees Sam Nook as a different person. Still being in good terms with him.

Trapped with Dream

After completing the Big Innit Hotel, Tommy went to visit Dream in what he believed would be the final time, stating he wanted to "close the book" and move on. ⏏] As he went through the prison, he made even more comments which implied he suffers from Post Traumatic Stress Disorder due to the trauma caused by Dream and all the wars. However, as he was visiting Dream, TNT was set off in an unknown location around the prison, causing security issues. These security issues lead to Tommy being trapped with Dream, which caused him to spiral into what strongly resembled a panic attack.

This scene is very implicative that Tommy suffers from claustrophobia, the fear of tight spaces. Alternatively, due to him not reacting in such a manner during his previous visit, it could be Tommy panicking over the realization that he may be trapped with Dream for up to a week, which Dream makes sure to remind him is similar to his exile.

After a week of being trapped in prison, Tommy started making fun of Dream and told him that he had seen Jschlatt's grave. Dream then told him to go see Jschlatt personally, and killed Tommy, taking his last canon life away by punching Tommy to death. Ε] After Tommy got revived by Dream, Ζ] it seemed that Tommy got PTSD when Dream punched or even pinched Tommy, ⏇] screaming in pain of what Dream had done to take Tommy's final canon life. Due to this, Tommy now knows that Dream has power, even being scared more than ever when Dream wanted Tommy back into the afterlife for more information about life and death.

Glatt mentioned to Quackity that when he saw Tommy while dead, he was very frantic and didn't talk clearly, instead muttering about how Dream killed him. & # 9168 & # 93

Post-Prison Lockdown

After a number of days locked in the prison, Awesamdude came to visit Dream and found Tommy. Tommy then began to freak out, alerting Awesamdude who then let Tommy out, much to Dream's displeasure. Tommy still has PTSD, as he screams every time he gets hurt, saying how he wants to be on full hearts all the time. He also shows many symptoms of C-PSTD. He does not like it when anyone holds some sort of weapon. He reunited with Tubbo after leaving the prison and he refused to talk about his death, and stresses out every time someone brings it up.

When chopping down logs in the nether, he was suddenly attacked by a number of piglins. He experienced extreme PTSD as he said "F*CK YOU" several times to the piglins, referencing his remembrance of how Dream killed him. ⏑]

After the second death of his cow, Henry, he seemed to revert back to his old tendencies from his second exile, staring into lava and stating that it is "too much." He also seems to react less to damage after Henry's death, but that might just be the content creator who plays him forgetting to act it out. On the other hand, this may be another sign of him regressing back to his exile mentality, as during exile he often didn't care about or even welcomed damage. However, he did reach out to CaptainPuffy for therapy, so there may be an improvement in his mental health sometime in the future if he goes through with it.

It is also implied that Tommy has extreme paranoia due to these traumatic events. For instance, he takes ownership of the Holy Lands due to claiming that it was for resources like diamonds. However, it may instead be due to him wanting to regain some control with his life. This paranoia is further implied when visiting Quackity's new nation, during which he willingly helps Wilbur with a headquarters instead of joining Quackity due to the former promising safety.

Alter egos

Tommy France

Tommy France, or Tommy Frounce, as he typed in chat, is Tommy's alter ego of being a drug dealer. Tommy France was created on February 2, 2021, when Tommy sold Ponk some "weed" (kelp) to get diamonds and pay it to Sam Nook. ⏒]


Design and Reality

It is unclear whether or not Leonardo ever intended his weapons to be put to any practical purpose. Would the rulers really have been prepared to invest the money and manpower needed to build these strange new designs? Leonardo’s visions were so far ahead of their time that they must have seemed far-fetched and implausible to his contemporaries.

Although some of his inventions were successful, working versions of many of Leonardo’s more complex machines have only been built in modern times. Although they revealed many faults and complications, they still stand as a testimony to the inventor’s genius – especially as the perceived “faults” may have been cleverly worked in by the great artist, to keep his conscience clear.


Gatling Gun

A hand-driven machine gun, the Gatling gun was the first firearm to solve the problems of loading, reliability, and the firing of sustained bursts. It was invented by Richard J. Gatling during the American Civil War, and later used in the Spanish-American War, but was supplanted by advanced weaponry soon after. Years later, the technology behind the gun was re-introduced by the U.S. military, and new versions of the gun are still in use today.

The Gatling gun is a machine gun that consists of multiple barrels revolving around a central axis and is capable of being fired at a rapid rate. Gen. Benjamin F. Butler of the Union army first used the gun at the siege of Petersburg, Virginia, in 1864-1865.

Você sabia? Richard Gatling had actually hoped that the tremendous power of his new weapon would discourage large scale battles and show the folly of war.

The gun is named for its inventor, Richard Jordan Gatling, a physician. Gatling neatly divided his sympathies during the Civil War. While trying to sell machine guns to the Union, he was an active member of the Order of American Knights, a secret group of Confederate sympathizers and saboteurs.

The conservatism of the Union army chief of ordinance and the unreliability of early models of the gun frustrated efforts to sell it to the U.S. Army. But Gatling soon improved on the original six-barrel, .58 caliber version of the gun, which fired 350 rounds a minute, by designing a ten-barrel, .30 caliber model, which fired 400 rounds a minute. The U.S. Army adopted the Gatling gun in 1866, and it remained standard until it was replaced in the early twentieth century by the Maxim single-barrel machine gun.

The Gatling gun played an important role after the Civil War, giving small numbers of U.S. troops enormous advantages in firepower over the western Indians. In newly colonized portions of Africa and Asia, the Gatling gun provided the Europeans’ margin of victory over local forces.

A modern, helicopter-mounted version of the Gatling gun, the Vulcan minigun, was widely used by the U.S. Army in the Indochina war. The minigun, popularly known as ‘Puff, the Magic Dragon’ for the flames and smoke emitted from its muzzle, fires at the staggering rate of 6,000 rounds per minute, enough to decimate an entire village in one burst. The minigun continues to be used as a counterinsurgency weapon in Central America. A larger version, the 20mm Vulcan is used for antiaircraft defense.

The Reader’s Companion to American History. Eric Foner e John A. Garraty, Editores. Copyright © 1991 by Houghton Mifflin Harcourt Publishing Company. Todos os direitos reservados.


7 Answers 7

In the now-Legends EU continuity, Chewbacca was constantly tinkering with his bowcasters. That's right - bowcasters, as in plural. He owned several, and liked to upgrade and customize them. Both Han and Chewie's wife Mala comment on this hobby during his memorial service on Kashyyyk. Here's an excerpt from the New Jedi Order novel Agents of Chaos I - Hero's Trial:

Han's brows knitted. He set the box down on the stool and unlatched its finely wrought metal clasp. Inside, snug in a bed of cushioning material was a beautifully carved bowcaster, its marked and blemished skeleton stock polished to a deep brown gleam. An artfully disguised magnetic accelerator, the weapon propelled explosive quarrels at extremely high speeds. This one was equipped with a sighting scope and a recocking mechanism few human hands would be capable of operating.

"I recognize this," Han said, nodding. He compressed his lips to trap a moan fighting to escape him. "It's one of the first I ever saw him make."

Malla hooted. [Chewbacca fashioned it shortly after we married - while you were here. He fashioned better versions in his time, but this one retains the warmth and power of him.]

If this detail has carried over into the new continuity, then it's entirely possible that Han has never used this particular bowcaster.

As @phantom42 pointed out in the comments on the question, Han Solo is most certainly a creature of habit. It is believable that before that instance in the film, he has always reached for his personal blaster when in danger rather than the weapon that his friend is actively using.

Some evidence for this is provided in Star Wars: The Force Awakens, when we find out that:

After Han and Leia's son turned to the Dark Side, Han returned to his life as a smuggler.

This shows us that Han will always choose the option that he is most familiar with, especially when he's in a new situation.

We also have a very telling quote from Star Wars: Episode IV – A New Hope that supports Han’s complete lack of curiousity about other weapons:

Hokey religions and ancient weapons are no match for a good blaster at your side, kid.

Han Solo in Star Wars: Episode IV – A New Hope upon seeing a lightsaber for the first time

This quote shows us that even when seeing a lightsaber for what we can assume to be the first time in his life, he is unimpressed and prefers to stick with what he knows — his trusty blaster.

Actually, Han Solo did shoot exactly that bowcaster before

I don't have a screenshot yet, but on Eravana, right after Chewie got wounded by a gangster, Han shoots that gangster with Chewie's bowcaster. Same one, with large spheres at the end.

He doesn't comment on it, being in the middle of firefight AND worried about Chewie.

The sole purpose of Han's fascination with Chewbacca's weapon was to underscore the strength of Kylo Ren as he absorbs the blast from said weapon latter in the film. Arguably, Kylo Ren may have resisted the blast entirely if he wasn't so flooded with emotion from just having. done something to his father.

In the book "Han Solo and the lost legacy" it becomes plain that the bowcaster was adjusted to the strength of a Wookiee. That means that Han was unable to draw the bow easily once it had been shot, just because he lacked the strength to do so. So, while he shot Chewie’s bowcaster (and loved it) on occasion it just was impractical for him to do so regularly.

This occurs on two occasions in the book:

At the beginning of chapter 7:

The man pulled at the front handle of the crossbow in order to draw the bow and to take the next bolt for a second shot from the magazine. But he did not make it the mechanism of the weapon was set to the force and the arm length of a Wookiee.

Chewbacca paused in his efforts just long enough to throw the crossbow with one hand to Han.
Han caught it, turned in one smooth motion around, went to one knee and pressed the plunger to his cheek. He pulled the trigger, and the explosive shell hit the approaching machine at the junction between shoulder and arm. The metal limb fell off, and the robot trembled, but moved on.
Han tried the draw the bow, however, discovered as the man in the city that his human strength was not enough.

(Note: These are not verbatim quotes from the book, I only possess this book in german and translated the passages back for this answer If someone has the original book, feel free to replaces the passages)

To address the upcoming question “Why didn’t he adjust a bowcaster to his strength?”: I always assumed that the superior strength of the Wookiee’s allowed the bowcaster to shoot the bolts with much more force than a bowcaster configured for a human, making it much more fun to shoot with it.

This would make it "Legends", but IMO it is a pretty plausible explanation for Hans reaction.


Time Periods:

The following, adapted from the Chicago Manual of Style, 15th edition, is the preferred citation for this entry.

Thomas Ricks Lindley Revised by James Woodrick, &ldquoGonzales Come and Take It Cannon,&rdquo Handbook of Texas Online, accessed June 17, 2021, https://www.tshaonline.org/handbook/entries/gonzales-come-and-take-it-cannon.

Published by the Texas State Historical Association.

All copyrighted materials included within the Handbook of Texas Online are in accordance with Title 17 U.S.C. Section 107 related to Copyright and &ldquoFair Use&rdquo for Non-Profit educational institutions, which permits the Texas State Historical Association (TSHA), to utilize copyrighted materials to further scholarship, education, and inform the public. The TSHA makes every effort to conform to the principles of fair use and to comply with copyright law.

If you wish to use copyrighted material from this site for purposes of your own that go beyond fair use, you must obtain permission from the copyright owner.


Don't mind this giant mobile tower thingy

During the Middle Ages, sieges could go on forever. The castle's occupants generally avoided surrender, and the attackers generally avoided giving up, so the result could be a long, drawn-out stalemate that ended when one group or the other finally ran out of food. But no one really wanted a siege to go on that long, so innovators were forever coming up with ways to get soldiers over castle walls. Clearly, this could not be done via trebuchet (though that might have been kind of fun, at least on the upswing). So attackers sometimes used a weapon called a siege tower, which was basically just a solider delivery system.

According to Medieval Chronicles, the siege tower was used by the Greeks, the Romans, and the ancient Chinese, so it was really more of a technology adoption than a European invention. The siege tower was a mobile building, built the same height as the castle walls with its own walls and a roof. The tower would be moved to the castle, and then the soldiers inside of it would, in theory, place a sort of bridge between the tower and the top of the wall and then just run across the bridge. Mole-mole. Except of course it wasn't, because everyone inside the castle knew what that thing was for and pretty much everyone would try to destroy it and its occupants before they had a chance to actually complete their mission.


Assista o vídeo: The Ballad of Lord Tachanka (Janeiro 2022).