Em formação

Gridley DD- 92 - História


Gridley

Charles Vernon Gridley nasceu em 24 de novembro de 1844 em Logansport, Inc., e foi nomeado para a Academia Naval em 1860. Apresentando-se para o serviço com sua classe em setembro de 1863, Gridley juntou-se à chalupa de guerra Oneida com o Esquadrão de Bloqueio do Golfo Ocidental e distinguiu-se com Farragut na Batalha de Mobile Bay em 5 de agosto de 1864. Promovido a Tenente em 1867 e Comandante em 1882, ele passou a rede 30 anos em várias estações ao redor do mundo, incluindo uma turnê como instrutor na Academia Naval. O capitão Gridley assumiu o comando do Olympia, a famosa nau capitânia do almirante Dewey, em 27 de abril de 1898, cargo que ocupou apesar de sua saúde debilitada durante a Batalha da Baía de Manila, em 1º de maio de 1898. Foi naquela manhã que Dewey deu sua famosa ordem: "Você pode atirar quando você está pronto, Gridley, "imortalizando o valente capitão. Após a destruição do esquadrão espanhol e a captura de Manila, Gridley foi obrigado a deixar seu comando por causa de sua saúde e morreu a caminho dos Estados Unidos em Kobe, Japão, em 25 de maio de 1898.

(DD-92: dp. 106,0; 1. 315'5 ": b. 31'8"; dr. 9'2 "; s. 35
k .; cpl. 100; uma. 4 4 ", 12 21" tt.)

O primeiro Gridley foi lançado pela Union Iron Works de San Francisco, Califórnia, em 4 de julho de 1918; patrocinado pela Sra. Francis P. Thomas, filha do Capitão Gridley; e comissionado em 8 de março de 1919, Comdr. Frank Jack Fletcher no comando.

Depois de se equipar no Estaleiro Marinha da Ilha Mare, Gridley partiu de San Diego em 24 de março de 1919, transmitiu o Canal do Panamá e se juntou à Força de Destruidores para manobras em águas cubanas. Ela então reparou brevemente em Norfolk, VA., Antes de embarcar em Nova York em 26 de abril de 1919. A primeira missão de Gridley foi com um grupo de destróieres postados ao longo da rota do voo de hidroavião transatlântico da Marinha. Gridley e seus companheiros enviaram sinais de fumaça e flare para guiar os intrépidos voadores e com a ajuda dos navios de superfície NC-4 foi capaz de pousar no nevoeiro denso nos Açores em 17 de maio de 1919. Posteriormente, Gridley participou na busca por NC- 1, forçado para baixo no nevoeiro e, em seguida, atuou como navio de guarda na última etapa do voo histórico do NC 4, que foi concluído em Plymouth. Inglaterra, 31 de maio de 1919.

Gridley chegou a Brest, França, a 31 de maio e passou os 2 meses seguintes em vários portos do Mediterrâneo a transportar passageiros e a fazer visitas de boa vontade. Ela voltou a Nova York em 31 de julho. Operando a partir de Portsmouth, N.H., Gridley embarcou o Major General Lejeune e o Brigadeiro General Butler do Corpo de Fuzileiros Navais em Charleston em 2 de setembro de 1920, para uma viagem de inspeção de bases e comandos caribenhos, incluindo postos em Cuba, Haiti e República Dominicana. Seus ilustres passageiros desembarcaram em 27 de setembro de 1920.

Nos anos seguintes, Gridley foi ativo no treinamento de oficiais e homens da Força de Reserva Naval, operando em Charleston, Newport, Nova York e Filadélfia. Ela descomissionou no Estaleiro da Marinha da Filadélfia em 22 de junho de 1922 e permaneceu inativa até que seu nome foi retirado da Lista da Marinha em 25 de janeiro de 1937. O casco de Gridley foi vendido para demolição em 19 de abril de 1939.


Gridley DD- 92 - História

O Gridley (DDG 101) é o 51º destruidor de mísseis guiados classe Arleigh Burke e o quarto navio da Marinha dos Estados Unidos com o nome do capitão Charles V. Gridley, comandante da capitânia do almirante George Dewey, Olympia, (capitão-bandeira) e destinatário do almirante O famoso comando de Dewey, & quotVocê pode atirar quando estiver pronto, Gridley & quot na Batalha da Baía de Manila durante a Guerra Hispano-Americana.

11 de fevereiro de 2006 A Unidade Pré-Comissionada (PCU) Gridley foi batizada durante uma cerimônia na Bath Iron Works em Bath, Maine. A Sra. Cathy W. Forst, a tataraneta do Capitão Gridley, serviu como patrocinadora do navio. Comandante Stephen A. Shinego é o candidato a oficial comandante.

14 de agosto, PCU Gridley em andamento pela primeira vez para conduzir testes combinados de builder & rsquos e aceitação & quotsuper. & Quot

10 de fevereiro de 2007 O USS Gridley foi comissionado durante uma cerimônia no Porto de Miami-Dade, Flórida.

Em 21 de março, o Gridley chegou ao seu novo porto de origem na Base Naval de San Diego, Califórnia, pela primeira vez.

10 de dezembro, O destruidor de mísseis guiados está atualmente em andamento na costa sul da Califórnia, conduzindo um treinamento de rotina como parte do USS Ronald Reagan (CVN 76) CSG.

14 de março de 2008 Comandante Gregory Grombert substituiu o comandante. Stephen A. Shinego como CO da Gridley.

Em 17 de março, o DDG 101 partiu da Base Naval de San Diego para um Exercício de Unidade de Treinamento Composto (COMPTUEX) na Op. SOCAL. Área em andamento para um exercício da Força-Tarefa Conjunta (JTFEX) em 1º de abril ?.

19 de maio, O USS Gridley partiu de San Diego para sua primeira implantação no oeste do Pacífico, como parte do USS Ronald Reagan CSG.

18 de junho, o Gridley ancorou na costa de Hong Kong para uma visita ao porto gratuito de quatro dias em Inport Fukuoka, Japão, de 28 de julho a agosto? Inport Kelang, Malásia, de 18 a 2 de agosto ?.

Em 18 de outubro, o Gridley chegou puxado para Goa, Índia, para a fase de entrada de um exercício de treinamento bilateral Malabar.

25 de novembro, O USS Gridley voltou à Base Naval de San Diego após um destacamento de seis meses em apoio à Guerra Global contra o Terrorismo.

27 de maio de 2009 O USS Gridley partiu de San Diego para uma implantação programada, como parte do Reagan Carrier Strike Group (CSG).

25 de junho, O destruidor de mísseis guiados ancorou na costa de Phuket, Tailândia, para uma visita de boa vontade ao porto.

2 de setembro, Comandante. Brian J. Quin substituiu o comandante. Gregory Grombert como CO do DDG 101.

21 de outubro, O USS Gridley voltou a San Diego após uma implantação de cinco meses nas áreas de responsabilidade (AoR) da 5ª e 7ª frota dos EUA.

18 de junho de 2010 O Gridley chegou à Naval Weapons Station Seal Beach, Califórnia, para descarregar munição. Realizou uma & quotopen house & quot de 19 a 20 de junho.

30 de novembro, O USS Gridley partiu de San Diego para uma implantação programada no oeste do Pacífico, como parte do USS Carl Vinson (CVN 70) CSG.

11 de janeiro de 2011 O Gridley parou em Chinhae, ROK, para uma visita agendada ao porto.

5 de fevereiro, o USS Gridley chegou a Tomakomai, Japão, para a primeira visita ao porto de um navio da Marinha dos EUA em 16 anos Inport Sasebo, Japão, de 16 a 22 de fevereiro.

15 de março, Comandante. Benjamin J. Allbritton substituiu o comandante. Brian J. Quin como o 4º oficial comandante da Gridley.

23 de março, o USS Gridley ancorou na costa da cidade de Talisay, Cebu, para uma visita de quatro dias à República das Filipinas. Ancorado nas instalações navais de White Beach, Okinawa, de 2 a 3 de abril Ancorado na Fleet Activities Sasebo de 12 a 15 de abril .

29 de abril, o The Gridley ancorou na costa de Phuket, Tailândia, para uma visita ao porto liberto de três dias em Inport Manila, República das Filipinas, de 15 a 18 de maio.

22 de maio, o Gridley ancorou em Victoria Harbour para uma visita de quatro dias ao porto de Hong Kong Inport Pearl Harbor, no Havaí, de 7 a 10 de junho.

3 de julho, o DDG 101 atracou recentemente na Base Conjunta de Pearl Harbor-Hickam para comemorar o Dia da Independência, após uma semana de testes e treinamento.

22 de julho, O USS Gridley voltou a San Diego após um longo desdobramento de oito meses.

Em 1º de novembro, o The Gridley chegou recentemente ao Naval Surface Warfare Center em Port Hueneme, Califórnia, para reparos técnicos e testes. O navio está se preparando para uma avaliação do Conselho de Inspeção e Vistoria (INSURV) programada para março de 2012.

6 de agosto de 2012 O USS Gridley partiu da Base Naval de San Diego para um desdobramento independente programado.

4 de setembro, Comandante. Gadala E. Krazer substituiu o comandante. Benjamin J. Allbritton como CO do Gridley durante uma cerimônia de mudança de comando a bordo do navio na Base Naval de Changi em Cingapura.

13 de setembro, o USS Gridley atracou no Porto de Mormugao em Goa, Índia, para uma visita agendada ao porto de Inport Bahrain em outubro.

19 de novembro, DDG 101 atracado no Pier 15, Manila South Harbor em Manila, República das Filipinas, para uma escala de rotina no porto de Inport Sasebo, Japão, de 5 a 10 de dezembro.

30 de dezembro, o Gridley ancorou ao largo da costa da cidade de Talisay para uma visita agendada a Cebu, Filipinas, após um atraso de um dia devido ao Typhoon Quinta.

28 de janeiro de 2013 O destróier de mísseis guiados chegou a Pearl Harbor para uma breve escala no porto para embarcar 56 amigos e familiares para um Tiger Cruise.

5 de fevereiro, O USS Gridley voltou a San Diego após uma implantação de seis meses na 5ª e 7ª Frota AoR dos EUA.

29 de maio, o The Gridley partiu de San Diego para um cruzeiro de treinamento de orientação de carreira para aspirantes (CORTRAMID) da Marinha.

31 de maio, o Reparo de Navios da BAE Systems San Diego recebeu uma modificação de US $ 9 milhões no contrato anteriormente concedido (N00024-11-C-4408) para a Disponibilidade Restrita Selecionada (SRA) da Gridley. Espera-se que o trabalho seja concluído até 9 de outubro. A disponibilidade começou em 26 de junho.

23 de agosto, o USS Gridley está atracado no Píer 4 do estaleiro Huntington Ingalls Industries Continental Maritime de San Diego. Em andamento para testes de mar em 7 de outubro.

3 de fevereiro de 2014 DDG 101 partiu da Base Naval de San Diego para um curso de quatro dias para realizar as Certificações de Engenharia (ECERT).

28 de março, Comandante. Mark S. Nieswiadomy substituiu o comandante. Gadala E. Krazer como o 6º CO de Gridley.

23 de maio, The Gridley está em andamento para um Exercício de Unidade de Treinamento Composto (COMPTUEX), na costa do sul da Califórnia, como parte do USS Carl Vinson CSG iniciou um Exercício de Força Tarefa Conjunta (JTFEX) no início de junho.

22 de agosto, O USS Gridley partiu de San Diego para uma implantação programada.

Em 3 de setembro, o The Gridley chegou recentemente a Pearl Harbor, no Havaí, para uma escala de rotina no porto após participar do Undersea Warfare Exercise (USWEX).

De 16 a 23 de setembro, o destruidor de mísseis guiados participou do exercício de treinamento de campo bienal (FTX) Valiant Shield 2014, na costa de Guam e Saipan.

2 de outubro, o USS Gridley atracou no cais 7 da Base Naval de Changi em Cingapura para uma escala de cinco dias. Entrou no Golfo Pérsico em 17 de outubro. Chegou ao Golfo de Aden no início de novembro.

10 de novembro, os marinheiros a bordo do Gridley conduziram o treinamento de visita, bordo, busca e apreensão (VBSS) a bordo do navio de assalto anfíbio da Marinha Real HMS Bulwark (L15), como parte do Exercício Internacional de Contra-Medidas de Minas (IMCMEX) 2014 Transmitiu o Estreito de Hormuz para o norte em 16 de novembro.

5 de dezembro, o USS Gridley atracou no cais 3, Porto Sultan Qaboos em Muscat, Omã, para uma visita de quatro dias ao porto. Entrou no Golfo Pérsico novamente no final de janeiro.

21 de fevereiro de 2015 DDG 101 atracado no Terminal de Contêineres no Porto de Mina Zayed, Emirados Árabes Unidos, para uma visita de cinco dias a Abu Dhabi em conjunto com a 12ª Exposição e Conferência Internacional de Defesa (IDEX) 2015.

19 de março, O Gridley atracou no Porto Khalifa Bin Salman (KBSP), Bahrein, para uma visita de cinco dias de liberdade a Manama.?

26 de abril, o USS Gridley atracou no Berth C, Victoria Quay no Porto de Fremantle, Austrália, para uma visita de liberdade de seis dias em conjunto com a celebração do Dia Anzac.

27 de maio, o destruidor de mísseis guiados chegou à Base Conjunta de Pearl Harbor-Hickam, Havaí, para uma visita de três dias ao porto e para embarcar & quotTigers. & Quot

4 de junho, O USS Gridley atracou no Berço 2, Píer 2 na Base Naval de San Diego após uma implantação de nove meses e meio nas Áreas de Responsabilidade da 5ª e 7ª Frota (AoR) dos EUA.

Em 21 de julho, o DDG 101 partiu do porto de origem para um treinamento de rotina na costa de San Diego. Ancorado em Bravo Pier, NAS North Island para uma breve parada para descarregar munição em 22 de julho Ancorado na Estação Naval Everett, Wash., De 27 a 28 de julho.

28 de julho, o USS Gridley atracou no Terminal de Cruzeiros da Bell Street no centro de Seattle, Washington, para uma visita de seis dias para participar da celebração anual da Seafair Fleet Week.

7 de agosto, The Gridley está atualmente em andamento em apoio ao USS John C. Stennis (CVN 74) CSG's COMPTUEX, na costa do sul da Califórnia, como parte das forças de oposição.

13 de agosto, o USS Gridley atracou no cais Bravo para uma breve parada para carregar munição. Ancorado no cais 5, cais 3 na tarde de quinta-feira Em andamento novamente em 19 de agosto Ancorado no cais 2, cais 13 em 26 de agosto Em andamento para lançamento de teste operacional (OTL ) em 31 de agosto.

1 de setembro, Um Míssil de Ataque Terrestre Tomahawk (TLAM) Bloco IV, lançado do USS Gridley, usou sua câmera de bordo para capturar imagens de indicação de dano de batalha e então transmitiu a imagem para o quartel-general da frota por meio de seu datalink UHF SATCOM bidirecional. O míssil então entrou em um padrão de atraso antes de ser redirecionado, por controladores de ataque no Bahrein, para um novo alvo designado na faixa de teste da Marinha e Rsquos na Ilha de San Nicolas.

3 de setembro, o DDG 101 atracou no Píer Bravo para uma breve parada para descarregar munição antes de retornar à Base Naval San Diego Underway novamente de 8 a 11 de setembro.

18 de setembro, Comandante. Marc D. Crawford substituiu o comandante. Mark S. Nieswiadomy como CO do USS Gridley durante uma cerimônia de mudança de comando a bordo do navio no Berço 2, Píer 8.

21 de setembro, o Gridley ancorou ao largo de Santa Bárbara, Califórnia, para uma visita de quatro dias ao porto Ancorado no Berço 1, Píer 10 em 25 de setembro Em andamento novamente de 7 a 1 de dezembro ?.

5 de janeiro de 2016 O USS Gridley partiu da Base Naval de San Diego em apoio aos testes operacionais da variante da guerra anti-superfície (ASUW) do Standard Missile (SM) 6, no Pacific Missile Range Facility (PMRF) Barking Sands, Havaí.

19 de janeiro, o Gridley atracou recentemente no Berth B8 na Base Conjunta de Pearl Harbor-Hickam, Havaí, para uma escala de uma semana no porto depois de fornecer assistência em uma busca e resgate de dois CH-53E Super Stallions, que colidiram na noite de quinta-feira com 12 pessoas a bordo, na costa norte de Oahu. Retornaram para casa em 3 de fevereiro.

8 de março, o USS Gridley voltou a San Diego após 11 dias de viagem na costa do sul da Califórnia. Underway para treinamento de rotina e em apoio ao programa & quotLeaders to Sea & quot de 21 de março Ancorado no Berço 2, Píer 8 em 2 de março? Em andamento novamente após uma Disponibilidade de Manutenção Contínua (CMAV) de quatro semanas em 22 de abril.

25 de abril, o Gridley atracou no cais 5 do Porto de Mazatlan, no México, para uma visita de três dias de liberdade. Retornou para casa em maio?.

16 de maio, o destróier de mísseis guiados atracado no Berço 1, Píer 10 na Base Naval de San Diego, após uma semana de viagem no SOCAL Op. Área em andamento a caminho de Everett, Wash., Após uma Disponibilidade de Manutenção Contínua de seis semanas (CMAV), em 29 de junho.

2 de julho, o USS Gridley atracou no Burrard Dry Dock Pier em North Vancouver, Canadá, para uma visita prolongada de uma semana ao porto para comemorar o Dia da Independência.

9 de julho, O USS Gridley atracou no Píer Bravo em seu novo porto, a Estação Naval Everett, após um trânsito de 10 dias de San Diego.

2 de agosto, o Gridley atracou no Terminal de Cruzeiros da Bell Street no centro de Seattle, Washington, para uma visita de seis dias ao porto para participar das festividades anuais da Seafair Fleet Week. Chegou na costa de Oahu, Havaí, em 15 de agosto.

18 de agosto, DDG 101 atracado em Wharf B25 na Base Conjunta de Pearl Harbor-Hickam para uma escala de quatro dias no porto Conduziu operações a noroeste de Kauai de 23 a 25 de agosto em Inport Pearl Harbor novamente de 26 a 29 de agosto.

30 de agosto, a Vigor Marine, LLC, Portland, Oregon, recebeu um contrato de US $ 36,6 milhões para realizar trabalhos de reparo e modernização para apoiar a disponibilidade de um Chefe de Operações Navais (CNO), bem como a Disponibilidade Restrita Selecionada de Dique Seco (DSRA) para o USS Gridley. As obras devem ser concluídas em março.

8 de setembro, o USS Gridley atracou recentemente no Alpha Pier na Naval Station Everett, após cinco semanas de navegação.

12 de setembro, o Gridley atracou no Píer de Munição, Naval Magazine Indian Island em Port Hadlock, Wash., Para um descarregamento de munição de dois dias. Ancorado no Píer Bravo em 14 de setembro.

9 de novembro, o USS Gridley moveu o & quotdead-stick & quot da Naval Station Everett para o cais Vigor Shipyards em Seattle. Entrou no Dry Dock # 10 em 2 de novembro ?.

27 de janeiro de 2017 Comandante Michael G. Mortensen substituiu o comandante. Marc D. Crawford como o 8º CO de Gridley durante uma cerimônia de mudança de comando na Estação Naval Everett.

2 de julho ?, O destróier de mísseis guiados desencaixou e atracou no Berço 2, Cais Bravo na Estação Naval Everett.

18 de fevereiro de 2018 O USS Gridley partiu do porto de casa para realizar testes de mar na costa de Washington Ancorado no Píer de Munição, Naval Magazine Indian Island para carregamento de munição de 22 a 23 de fevereiro Ancorado no Berço 1, Píer Alpha em 23 de fevereiro Em andamento para treinamento de rotina em 3 de abril.

9 de abril, O Gridley atracou no Píer de Munição, Naval Magazine Indian Island para um carregamento de munição de três dias. Retornou para casa em 12 de abril Em andamento novamente de 16 a 20 de abril Em andamento em apoio ao USS John C. Stennis (CVN 74) Grupo de Vela do CSG , na costa do sul da Califórnia, em 30 de abril.

4 de maio, DDG 101 atracado no Berço 2, Píer 3 na Base Naval de San Diego para uma escala de três dias no porto Partida SOCAL Op. Área em 12 de maio Treinamento realizado no Estreito de Juan de Fuca de 15 a 16 de maio Ancorado fora de bordo do USS Ralph Johnson (DDG 114) no Berço 2, Píer Bravo na tarde de quarta-feira Em andamento novamente em 8 de junho.

11 de junho, o USS Gridley atracou no Wharf 4 em Port Hueneme, Califórnia, para um preparo de sistemas de combate de três dias com o Naval Surface Warfare Center (NSWC). Base San Diego de 15 a 19 de junho Ancorado no Berço 1, Píer 7 de 20 a 26 de junho e de 27 a 29 de junho.

3 de julho, o Gridley atracado no Berço 1, Cais Alpha na Estação Naval Everett.

20 de julho, Comandante. Joel S. Uzarski substituiu o comandante. Michael G. Mortensen como CO do Gridley durante uma cerimônia no cais da Estação Naval Everett.

13 de agosto, o USS Gridley atracou no Berço 2, Píer Bravo na Estação Naval Everett, após quatro dias de viagem, no Estreito de Juan de Fuca, para um cruzeiro de verão de Treinamento de Orientação de Carreira para Aspirantes (CORTRAMID) em andamento para Certificações de Engenharia (ECERT) de 17 a 18 de agosto Em andamento novamente de 21 a 22 de agosto.

28 de setembro, o Gridley atracou no Berço 2, Píer Bravo, após um dia em andamento para os preparativos do Conselho de Inspeção e Pesquisa (INSURV) em andamento para a avaliação do INSURV de 1 a 2 de outubro. Ancorado no Píer de Munição, Naval Magazine Indian Island para munição onload em 4 de outubro. Retornou para casa em 5 de outubro. Em andamento novamente em 19 de outubro.

24 de outubro, o Gridley atracou no Berço 5, Píer 3 na Base Naval de San Diego para uma escala de dois dias. Ancorado no Berço 5, Píer Alpha na Estação Naval Everett em 29 de outubro Em andamento novamente em 23 de novembro.

30 de novembro, o USS Gridley fez uma breve parada no Píer Bravo, NAS North Island para carregar munição antes de atracar no Berço 2, Píer 2 da Base Naval de San Diego, depois de quatro dias de viagem no SOCAL Op. Área em andamento novamente em 8 de dezembro.

18 de dezembro, o USS Gridley participou de um exercício de mísseis (MISSILEX), na costa do sul da Califórnia, como parte do exercício de Treinamento Tático Avançado de Guerra de Superfície (SWATT) do USS Boxer (LHD 4) ARG Ancorado no Berço 2, Píer Bravo na Naval Estação Everett em 22 de dezembro.

7 de janeiro de 2019 DDG 101 ancorado no Píer de Munição, Naval Magazine Indian Island para um carregamento de munição de quatro dias Ancorado no Berth 6, Alpha Pier em 11 de janeiro Em andamento em apoio ao USS Boxer (LHD 4) Exercício da Unidade Expedicionária da Marinha da ARG ( MEUEX) em 1 ° de fevereiro. Ancorado no cais 2, píer 10 da base naval de San Diego, de 4 a 6 de fevereiro.

24 de fevereiro, The Gridley conduziu operações com o HMCS Calgary (FFH 335), enquanto em andamento aproximadamente 10 n.m. a nordeste da Ilha de Santa Cruz Ancorado no Berth M / N, NAS North Island de 28 de fevereiro a 1º de março Ancorado na Navy Fuel Farm (NFF) na Base Naval Point Loma para uma breve parada antes de iniciar em 1º de março.

5 de março, USS Gridley atracado no Píer de Munição, Naval Magazine Indian Island para carregamento de munição. Ancorado no Berço 5, Píer Alpha em 7 de março Em andamento novamente em 20 de abril.

22 de abril, o Gridley atracou no Wharf 4 em Port Hueneme, Califórnia, para uma escala de nove dias para conduzir os sistemas de combate com o Naval Surface Warfare Center (NSWC).

6 de maio, o USS Gridley fez uma breve parada no Píer de Munição, Naval Magazine Indian Island para carregar munição antes de atracar no Berço 5, Alpha Pier na Estação Naval Everett Ancorado no Berço 1, Alpha Pier após a viagem para um Cruzeiro de Dia de Amigos e Família para Elliott Baía em 14 de maio Em andamento novamente em 20 de junho.

20 de junho, o Gridley atracou no Píer de Munição, Naval Magazine Indian Island para um carregamento de munição de um dia. Retornou para casa em 21 de junho.

24 de junho, O USS Gridley partiu de Everett para um desdobramento programado em apoio à Operação Atlantic Resolve, como parte do Standing NATO Maritime Group (SNMG) 1.

28 de junho, o Gridley atracou no Berth 2, Pier 2 na Base Naval de San Diego para uma escala de três dias no porto. depois da meia-noite, em 11 de julho.

14 de julho, o USS Gridley atracou no quebra-mar ocidental no Porto de Bridgetown, Barbados, para uma visita de dois dias. Atracado no Berth 3/4, Pier 1 na Estação Naval Rota, Espanha, para aliviar o USS Gravely (DDG 107) como carro-chefe para SNMG-1, em 26 de julho Mudou-se para o cais 2, cais 1 em 3 de agosto. Em andamento em 5 de agosto.

12 de agosto, The Gridley conduziu um reabastecimento no mar com o USNS Robert E. Peary (T-AKE 5), durante o trânsito no Oceano Atlântico para oeste, para participar da iniciativa Maritime Express Atracado no Berço 2, Píer 4 na Estação Naval de Norfolk de 17 a 21 de agosto.

30 de agosto, o USS Gridley atracou no Píer Homeport em Stapleton, Staten Island, N.Y., para uma visita de quatro dias ao porto da cidade de Nova York em conjunto com o Dia do Trabalho dos EUA.

5 de setembro, DDG 101 atracado em HMC Dockyard Jetty NB4 na Base das Forças Canadenses (CFB) Halifax, Nova Escócia, para a fase de entrada do exercício de guerra anti-submarino da OTAN Cutlass Fury 2019 surtida de emergência devido ao furacão Dorian em 6 de setembro. na Baía de Fundy em 7 de setembro.

9 de setembro, o USS Gridley iniciou a fase no mar do exercício Cutlass Fury, enquanto em andamento na costa de Halifax, com o USS Jason Dunham (DDG 109), USS New Hampshire (SSN 778), HNoMS Thor Heyerdahl (F314), NRP D. Francisco de Almeida (F334), BS Leopold I (F930), HMS Northumberland (F238), HDMS Peter Willemoes (F362), HNLMS Van Speijk (F 828), HMCS Fredericton (FFH 337), HMCS Ville de Quebec (FFH 332). USNS Patuxent (T-AO 201) e o navio de abastecimento da Royal Canadian Navy MV Asterix participaram de um exercício fotográfico (PHOTOEX) em 11 de setembro.

19 de setembro, The Gridley atracado no HMC Dockyard Jetty NB3 na Base das Forças Canadenses (CFB) Halifax para uma visita de quatro dias ao porto Atracado no Pier 3 na Estação Naval Rota, Espanha, para reabastecimento de 1 a 2 de outubro. Exercício de equipe de treinamento integrado conduzido no Golfo de Cádis, com outros navios da SNMG-1, de 2 a 4 de outubro.

5 de outubro, o USS Gridley atracou no Berço 2, Píer 1 da Estação Naval Rota para a fase no porto do exercício Dynamic Mariner Underway da OTAN para a fase no mar em 8 de outubro. Transitou pelo Estreito de Gibraltar rumo ao leste, logo após a meia-noite, em outubro 13 Transitou na direção oeste em 14 de outubro Atracado no Berço 3, Píer 1 na Estação Naval Rota de 17 a 22 de outubro.

25 de outubro, o USS Gridley atracou no Píer de Combustível da OTAN Leste em Portinho da Costa, Portugal, para uma visita de três dias ao porto de liberdade para Lisboa Breve parada em Stornoway Bay, Escócia, para transferência de pessoal em 2 de novembro. Conduziu um reabastecimento no mar com o RFA Tidesurge (A138), durante a navegação no Mar da Noruega, em 5 de novembro.

11 de novembro, o Gridley atracado no cais do navio de guerra de minas na Base Naval de Sua Majestade (HMNB) Clyde em Faslane, Escócia, para uma escala de quatro dias. Chegou nas proximidades de Trondheim, na Noruega, para participar do exercício Flotex da OTAN em 18 de novembro Ancorado no cais 24, Breivika Cruise Port em Tromso, para uma breve parada para reabastecimento em 23 de novembro.

29 de novembro, o Gridley atracou na Base Naval Haakonsvern, ao sul de Bergen, para uma manutenção de 13 dias e para conduzir a rotação com o HNoMS Otto Sverdrup (F312) Transitou o estreito de Dover em direção ao sul em 15 de dezembro.

31 de dezembro, o DDG 101 atracou recentemente no Bravo Wharf na Naval Station Guantanamo Bay, Cuba, para uma visita agendada ao porto para comemorar a véspera de Ano Novo.

5 de janeiro de 2020 O USS Gridley ancorou perto de Colon, Panamá, para uma breve parada antes de transitar pelo Canal do Panamá Ancorado no Píer 1N na Base Naval Vasco Nunez de Balboa, logo após a meia-noite, em 6 de janeiro. Em andamento na noite de segunda-feira.

14 de janeiro, o Gridley conduziu um reabastecimento no mar com o USNS Yukon (T-AO 202), enquanto em andamento ao sul da Ilha de San Clemente atracado no cais M / N na Estação Aérea Naval da Ilha Norte de 15 a 17 de janeiro.

21 de janeiro, USS Gridley atracado no Berço 2, Cais Bravo na Estação Naval Everett após uma implantação de sete meses nas Áreas de Responsabilidade da 2ª, 4ª e 6ª Frota dos EUA (AoR).

23 de março, O Gridley atracou no Píer de Munição, Naval Magazine Indian Island para um descarregamento de munição de dois dias. Retornou para casa em 25 de março.

24 de abril, Comandante. Bryan W. Schneider substituiu o comandante. Joel S. Uzarski como o 10º comandante da Gridley durante uma cerimônia de mudança de comando a bordo do navio.

6 de novembro, o USS Gridley atracou no Berço 2, Cais Bravo na Estação Naval Everett, após quatro dias em andamento para testes no mar, após uma Disponibilidade Restrita Selecionada (SRA) de sete meses.

25 de janeiro de 2021 USS Gridley atracado no Píer de Munição, Naval Magazine Indian Island para um carregamento de munição de três dias Amarrado no Berço 6, Píer Bravo em 28 de janeiro Em andamento novamente em 1º de março? Chegou no Op SOCAL. Área para o Grupo de Vela em 22 de março Ancorado no Berço 1, Píer 12 na Base Naval de San Diego em 9 de abril Ancorado no Berço 5, Píer 10 após um dia de viagem em 14 de abril Partiu de San Diego em 16 de abril Retornou para casa em 19 de abril.

14 de maio, The Gridley atracou no Berço 2, Píer Bravo na Estação Naval Everett, após quatro dias de viagem no Estreito de Juan de Fuca. , Cais Bravo na quinta-feira à tarde.

9 de junho, Comandante. Meghan L. Bodnar substituiu o comandante. Bryan W. Schneider como CO do DDG 101 durante uma cerimônia de mudança de comando a bordo do navio.


O que influenciou Maya Angelou a escrever?

De acordo com o Biography.com, o autor James Baldwin convenceu Maya Angelou a escrever sobre sua vida. O resultado foi o livro de memórias best-seller de 1969, "I Know Why the Caged Bird Sings", que levou ao reconhecimento internacional de Angelou.

Seu livro de memórias foi o primeiro best-seller de não ficção de uma mulher afro-americana e detalhou as experiências traumáticas que ela sofreu quando criança e jovem adulta.

Nascida Marguerite Annie Johnson em 1º de abril de 1928, os pais de Angelou se divorciaram quando ela era jovem e ela e seu irmão foram enviados para morar com sua avó paterna em Arkansas. Lá, Angelou experimentou racismo e discriminação. Quando ela tinha sete anos, ela foi estuprada pelo namorado de sua mãe. Angelou ficou tão arrasada com esse incidente que não falou por muitos anos.

Mais tarde, Angelou se mudou para a Califórnia, onde estudou dança e atuação na California Labor School. Ela atuou em muitas peças off-Broadway. Na década de 1960, ela viajou para o exterior e trabalhou como editora e escritora freelance. Embora seja mais conhecida por "I Know Why the Caged Bird Sings", Angelou publicou também algumas outras autobiografias. Ela também escreveu coleções de poesia, uma das quais lhe rendeu uma indicação ao Prêmio Pulitzer. Ela faleceu em 2014, aos 86 anos.


Gridley DD- 92 - História

Um dos quatro destruidores de 1.500 toneladas do Gridley classe, Maury foi estabelecido em 24 de março de 1936 pela Union Plant, Bethlehem Shipbuilding Corp., San Francisco, Califórnia e patrocinado em seu comissionamento pela Srta. Virginia Lee Maury Werth, neta do Commodore Maury.

Até o final da década de 1930 e na década de 1940, Maury serviu como carro-chefe do DesDiv 11, que consistia nos outros três navios de sua classe, Gridley, Covarde e McCall. Como parte do DesRon 6, o DesDiv 11 participou de exercícios e outras atividades da frota no Oceano Pacífico, e estava no mar com a transportadora Empreendimento (CV 6) durante o ataque de 7 de dezembro de 1941 a Pearl Harbor.

Pelos primeiros 10 meses da guerra, Maury continuou rastreando transportadores em ataques às Ilhas Marshall e Wake (quando ela ajudou a afundar um barco de piquete japonês), a Batalha de Midway no início de junho, a invasão de Guadalcanal e Tulagi no início de agosto, a Batalha das Salomões Orientais no final daquele mês, e a Batalha das Ilhas de Santa Cruz em outubro.

Em novembro de 1942, quando a campanha para manter Guadalcanal se aproximava do clímax, Maury foi designado para a Força-Tarefa 67, designada para bloquear as tentativas japonesas de reforçar suas tropas em terra. Em 30 de novembro, esta força de cinco cruzadores e contratorpedeiros Fletcher, Drayton, Maury e Perkins na van, com rapidamente anexado Lamson e Lardner na retaguarda, surpreendeu oito destróieres japoneses na Batalha de Tassafaronga, mas perdeu um cruzador com três outros gravemente danificados por torpedos & mdashMaury não foi atingido.

Maury continuou a servir nas Ilhas Salomão até agosto de 1943, participando de missões de escolta e dois grandes combates noturnos de superfície: a Batalha de Kolombangara com o capitão Thomas J. Ryan & rsquos DesRon 12 em 12 & ndash13 de julho de 1943 e o que o Adm. Nimitz mais tarde chamou de um & ldquolittle clássico de guerra naval, & rdquo a Batalha do Golfo de Vella em 6 & ndash7 de agosto, na qual ela, seguindo Dunlap (carro-chefe do Comdr. Frederick Moosbrugger, ComDesDiv 12) e Covarde torpedearam quatro contratorpedeiros japoneses em uma única salva, afundando três sem serem atingidos.

Após o trabalho do estaleiro na costa oeste, Maury retornou à zona de guerra a tempo de participar das invasões de Gilberts e Marshalls, de novembro de 1943 a fevereiro de 1944. Nos meses seguintes, ela examinou porta-aviões em ataques em todo o Pacífico central, durante a Batalha do Mar das Filipinas em junho, e durante as operações associadas de captura de ilhas nas Marianas. De setembro a novembro de 1944, MauryO dever de escolta do porta-aviões continuou durante a operação Palaus, ataques aéreos no oeste do Pacífico e a Batalha do Golfo de Leyte.

Em janeiro e início de fevereiro de 1945, Maury participou da invasão de Luzon e subsequentes operações nas Filipinas, antes de retornar ao Havaí. Ela serviu naquela região por várias semanas, depois partiu para Nova York pelo Canal do Panamá, chegando em junho. Ela foi desativada em outubro, retirada do Registro Naval em 1º de novembro, vendida para Hugo Neu, Nova York, 13 de junho de 1946, revendida logo em seguida para a Northern Metal Co., Filadélfia, e desfeita.


Prudential Financial, Inc. (PRU)

A Prudential (PRU) lança o FlexGuard Income em uma tentativa de acelerar o crescimento da renda de aposentadoria e oferecer proteção aos seus ativos em caso de qualquer desaceleração do mercado.

Coloque uma bolsa no espelho do carro ao viajar

Brilliant Car Cleaning Hacks que os revendedores locais gostariam que você não soubesse

A Prudential lança a anuidade variável indexada de renda FlexGuard - uma nova estratégia de investimento e renda com flexibilidade e controle aprimorados

NEWARK, NJ, 15 de junho de 2021 - Prudential Financial Inc. (NYSE: PRU), lançou hoje FlexGuard® Income, uma nova anuidade variável indexada que fornece aos clientes estratégias de investimento para potencial de crescimento, juntamente com diferentes níveis de proteção e capacidade para ajudar a aumentar a renda na aposentadoria.

Preços da Assurant (AIZ) 2.650% $ 350 Senior Unsecured Notes

A Assurant (AIZ) demonstra prudência ao emitir notas seniores em um ambiente de baixa taxa de juros para obter fundos.

UBS e DWS alinham lances finais para gestor de ativos NN & # x27s de US $ 1,9 bilhão - fontes

O UBS e a administradora de ativos alemã DWS estão avançando com os lances finais para o braço de gestão de ativos do NN Group depois que as maiores seguradoras da Europa e # x27s retiraram-se do leilão, disseram à Reuters três fontes familiarizadas com o negócio. Prudential Financial Inc and U.S. asset manager Nuveen are also interested in bidding for the unit - known as NN Investment Partners – and are carrying out due diligence ahead of a binding bid deadline of early July, two of the sources said, speaking on condition of anonymity. The sale comes after NN Group announced in April a strategic review of the business, which manages about 300 billion euros, citing a broad range of options including a merger deal.

Bank of England Says Its Rate Setters Discussed Climate for First Time

(Bloomberg) -- Bank of England Governor Andrew Bailey said that the central bank’s Monetary Policy Committee recently discussed the economics of climate change for the first time, underscoring the U.K. commitment to slashing emissions.“When it comes to climate change, we cannot stand still,” Bailey said in a speech to a Bank of International Settlements conference on the issue on Thursday. “We need to continue to be bold and learn from our work so far to deepen our understanding and inform futur

Mad Neighbor Got Karma When The Couple Bought.

After so much drama and many police visits, she got the upper hand. Who would’ve thought that a small piece of paper has such power?

Zacks Industry Outlook Highlights: American International Group, Cigna Corp, MetLife and Prudential Financial

Zacks Industry Outlook Highlights: American International Group, Cigna Corp, MetLife and Prudential Financial

Multiline Insurance Industry Gains 20% YTD: Stocks in Focus

Better pricing, product diversification and increased adoption of technology are expected to aid multiline insurers like CI, AIG, PRU, and MET.

PGIM High Yield Bond Fund, Inc., PGIM Global High Yield Fund, Inc. and PGIM Short Duration High Yield Opportunities Fund declare distributions for June, July and August 2021

PGIM High Yield Bond Fund, Inc. (NYSE: ISD), PGIM Global High Yield Fund, Inc. (NYSE: GHY) and PGIM Short Duration High Yield Opportunities Fund (NYSE: SDHY) declared today monthly distributions for June, July and August 2021. The distribution amounts and schedule for each fund appears below:

10 Best Dividend Stocks to Buy According to Billionaire Kerr Neilson

In this article we will take a look at the 10 best dividend stocks to buy according to billionaire Kerr Neilson. You can skip our detailed analysis of Kerr Neilson’s history, investment philosophy, and hedge fund performance, and go directly to the 5 Best Dividend Stocks to Buy According to Billionaire Kerr Neilson. Billionaire Kerr […]

How to fall in love with a new language?

We Tested This App To See If You Could Learn A Language In 7 Days.

3 Stocks I Will "Never" Sell

If you really want to be a long term investor, you need to look for companies that have a good shot of surviving well into the future.

Prudential Financial Declares Quarterly Dividend on Common Stock

Prudential Financial, Inc. (NYSE: PRU) announced today the declaration of a quarterly dividend of $1.15 per share of Common Stock, payable on June 17, 2021, to shareholders of record at the close of business on May 25, 2021.


9 - Tocqueville and Civil Society

Tocqueville's reflections on civil society have proven to be one of his most enduring theoretical legacies. They have also proven to be one of the most contested and promiscuously appropriated. This is especially so in America, where in recent years there has been an explosion of academic and journalistic writing on the topic of civil society. Authors from across the ideological spectrum have turned to Tocqueville for guidance in figuring out how the resources of civil society - the diverse array of political, charitable, educational, religious, neighborhood, and professional associations - might best be deployed in the fight against a wide range of social ills. These include perceived declines in civic engagement and individual responsibility, the loss of trust and a sense of community, and the spread of urban decay, apathy, and selfishness.

Perusing this literature, the casual reader might well conclude that ''civil society'' has become little more than a feel-good slogan in a time of generalized distrust of (or impatience with) governmental institutions. The core of Tocqueville's idea - civil society as the sphere of intermediary organizations standing between the individual and the state - has been worked and reworked to the point where it is no longer clear where the primary importance of this realm lies.


Introdução

Inspired by the suffering of Iraq's martyrs – Sunni and Shiite, Arab, Kurd, and Turkomen, and the remaining brethren in all communities – inspired by the injustice against the holy cities in the popular uprising and against the marshes and other places recalling the agonies of the national oppression in the massacres of Halabja, Barzan, Anfal and against the Faili Kurds inspired by the tragedies of the Turkomen in Bashir and the suffering of the people of the western region …

Half of writing history is hiding the truth.

An unnamed song is like an unnamed child, it has no identity.

Recent events in Iraq, especially those which surfaced between January and March of 2014 calling for an autonomous or independent state in the Nineveh province of the country, have brought the minority issue and the Assyrians closer to the spotlight. In theory, the province could become a bastion for the ethnic and religious minorities who have become the last living link to ancient Mesopotamia in a period where their numbers have drastically decreased due to displacement, war, immigration, economic hardship, and ethno-religious and political discrimination. Demographic change would speak to that reality as the overall population of Christians, the overwhelming majority of whom are of Assyrian descent, decreased from 1.4 million in 1987 to approximately 750,000, or 3 per cent of the Iraqi population, by 2005, according to the United States Department of State. In the 1980s they made up roughly 30 per cent of the population of the northern regions of Iraq and there were approximately 700,000 more living in diaspora. Between 2005 and 2014 many continued to find themselves part of a disproportionate number of internally displaced persons with little hope of an end to their plight.

On 10 June 2014 the group known originally as the Islamic State of Iraq and the Levant/Syria (ISIL/ISIS) and later simply as IS, began to take control of Mosul, marking Christian houses with the Arabic letter N for Nazarene/Christian. Those who could not pay the Islamic tax or jizya were forced to convert or flee.


U.S.S. MCCALL

USS McCall was laid down as a 1500-ton Benham class destroyer at San Francisco. She was commissioned in June 1938 and assigned to the Pacific. Initially, McCall performed escort duties and training exercises. In 1941, she was sent to Hawaii to guard the islands after the attacks on Pearl Harbor. She was then sent on escort trips with Enterprise and Yorktown, to raid the Marshalls and Gilberts. This followed by more patrols in the South and West Pacific before returning to San Francisco in September 1943 for overhaul and exercises.

In 1944, she became part of TF 58, which was known as the fast carrier force. USS McCall was sent for repairs in the middle of that year, and then returned to her task force. She was involved in Iwo Jima, patrols off Guam, and other critical parts of the Pacific War. She performed screening missions, escort convoys, and bombardment missions during her time in the South Pacific. After Iwo Jima, she headed for Leyte before being sent back to New York in early 1945. There, she underwent repairs and training but was decommissioned that November because the war had ended. She was sold in 1947 and scrapped in March 1948.


3 - Unemployment, 1919–38

Perhaps the most distinguishing feature of the interwar era was the rise of mass unemployment. Figure 3.1 plots the path of the annual UK unemployment rate during the period 1890–1938. Total unemployment as a percentage of the labour force more than doubled from an average of 4.5 per cent between 1870 and 1913 to nearly 10 per cent between 1920 and 1938 (see appendix to this chapter for a description of the data). The unemployment rate had reached the 10 per cent mark in the past but only over short time periods. There are three important features to note: first, unemployment showed a very marked cyclical pattern during 1918–38, rising rapidly in the severe depressions of 1920–1 and 1929–32 and falling in the recovery periods of 1921–9 and 1932–7. Secondly, figure 3.1 suggests that the severity of the problem was worsening within the interwar years: with each major cyclical depression the unemployment rate rose to ever higher levels. Finally, the level of unemployment displays the phenomenon of hysteresis, whereby the mean rate of unemployment was permanently higher in the interwar years relative to the pre-1914 era.

The problem of high and rising unemployment during this period was not limited to the UK economy. However, international comparisons are difficult to make because of national inconsistencies in the definition and measurement of unemployment (Eichengreen and Hatton, 1988). Two important pieces of work that have attempted to grapple with these problems of data comparability are Galenson and Zellner (1957) and Maddison (1964): the Galenson and Zellner data may be regarded as an indicator of the ranking of industrial unemployment levels across a wide range of countries, while Maddison provides comparable aggregate unemployment figures.


Facebook

Per special request by Carl Dinger and Jeff Gerberick we are honoring 1966 Mansfield Senior High School graduate JAMES CARROLL ACKERMAN JR who lost his life in Vietnam on March 22, 1968, at the age of 20.

From 'The Wall of Faces' (Vietnam Veterans Memorial Fund):

JAMES CARROLL ACKERMAN JR is honored on Panel 45E, Line 53 of the Vietnam Veterans Memorial.

Wall Name:JAMES C ACKERMAN JR

County of Record:RICHLAND COUNTY

Casualty Province: THUA THIEN

Tributes from 'The Wall of Faces' (Vietnam Veterans Memorial Fund):

POSTED ON 8/29/09 - BY ROBERT SAGE

James is buried at Mansfield Memorial Park in Mansfield, OH.

POSTED ON 9/3/06 - BY DAN DELA ROSA

James will be honored at the Ohio Vietnam Veterans’ Memorial Park in Akron, Ohio You Are Not Forgotten www.hack1966.com/memorial.

POSTED ON 4/19/04 - BY MAGGIE SCHRENK

I would like to thank you, brave soldier, for defending our country. Your service is admirable, your dedication respectable, your bravery incredible, and your sacrifice heroic. This can never be forgotten, and I would like to offer my heart felt thanks to you and all who have served.

I am a student at Gridley High School in Gridley, IL and I am posting this as part of the Gridley High School Posting Project.

James Carroll Ackerman Jr

Casualty. Vietnam War. Ohio.

James Carroll Ackerman Jr was born on November 29, 1947. According to our records Ohio was Ackerman's home or enlistment state. Furthermore, we have Mansfield listed as the city and Richland County included within the archival record.

James Carroll Ackerman Jr had enlisted in the Army. Entered via Selective Service. Served during the Vietnam War. Start of tour or enlistment date was December 14, 1967. Ackerman had the rank of Private First Class. Occupation or specialty was Light Weapons Infantry. Service number was 51878944. Served with 1st Cavalry Division, 1st Battalion, 7th Cavalry, B Company.

Ackerman experienced a traumatic event which resulted in loss of life on March 22, 1968. Recorded circumstances attributed to: "Died through hostile action, small arms fire". Incident location: South Vietnam, Thua Thien province.

James is honored on the Vietnam Veteran's Memorial in Washington DC. Name inscribed at VVM Wall, Panel 45e, Line 53.

James Carroll Ackerman, Jr

B CO, 1ST BN, 7TH CAVALRY, 1ST CAV DIV, USARV

Army of the United States

November 29, 1947 to March 22, 1968

JAMES C ACKERMAN Jr is on the Wall at Panel 45E, Line 53

James Carroll Ackerman Jr

ON THE WALL: Panel 45E Line 53

This page Copyright© 1997-2018 www.VirtualWall.org Ltd.

Home of Record: Mansfield, OH

Service Branch: Army of the United States

Unit: B CO, 1ST BN, 7TH CAVALRY, 1ST CAV DIV, USARV

Status Date: Not Applicable

Status Change: Not Applicable

Location: Thua Thien Province, South Vietnam

Repatriated: Not Applicable

Identified: Not Applicable

Casualty Type: Hostile, died outright

Casualty Reason: Ground casualty

Casualty Detail: Gun or small arms fire

Date of Birth Nov 29, 1947

JAMES CARROLL ACKERMAN JR

PFC - E3 - Army - Selective Service

Length of service 0 years

His tour began on Dec 14, 1967

Casualty was on Mar 22, 1968

In THUA THIEN, SOUTH VIETNAM

He was, an outstanding, courageous trooper, in B, Company, 1st, Battalion, 7th, US., Cavalry Regiment, 1st, Air, Cavalry Division. This Fallen, Hero Trooper, paid the ultimate, sacrifice, serving our country, in the Vietnam War. He fought, for our country, faithfully, in the firm belief, that doing so, others may enjoy, the liberty and freedoms, that we treasure. Relatives, Friends & Countryman, be proud, that this, OUTSTANDING TROOPER, was an infantry, soldier, in the "Cav.." The same 7th US Cavalry Regiment of General Custer fame. More movies and books have made and written about 7th US Cavalry Regiment than any other Military unit from the Indian War to Vietnam, with more to come. According to the History Channel, the 7th US Cavalry is one of the most decorated units in Military History. Most recent movie is "We Were Soldiers", starring Mel Gibson, an outstanding movie as to what some of the fighting was like in Vietnam War. The 1st Air Cavalry Division had the highest number of combat losses of all Division that fought in the Vietnam War at 5,408, the 7th US Cavalry Regiment had 1,418, Wounded-In-Action estimated at over 20,000. To the chagrin of the Marines we were the Division and the 7th US Cavalry was the Regiment that rescued the Marines out of Khe Sanh, relieving the 3,500 U.S. Marines besieged by nearly 20,000 NVA enemy soldiers. Proudly we fought side-by-side with the Marines at Hue City, A-Shau Valley near the Laotian boarder and many other battles. On 1 May 1970, the Cav. was "First into Cambodia" air assaulting into their Communist sanctuary. The 7th US Cavalry Regiment was the very last infantry combat unit to leave Vietnam in June 1972. The Cav was in Vietnam from August 1965 to June 1972, or 83 months of intense combat. A Very Proud, Loud and Hardy GarryOwen to you, from a fellow Grunt (1967-1968) in B-1-7, 1st Cavalry Division. Visit the following Websites B co., 1st Bn, 7th Cav. Website: http://www.msu.edu/user/kon/ 7th Cavalry Regiment: http://www.us7thcavalry.com/ 1st Cavalry Division: http://www.1cda.org/ Id Drang Valley Battle, LZ Xray http://www.LZXray.com/à7th Cavalry re-cap webpage: http://www.us7thcavalry.com/1-7-vn/

Saturday, September 04, 2004

Manuel Pino B/2/8th Cav,1st Cav 68-69

B/1/7th Cav Rgt, 1st Cav Div

NOTE: EMBLEM pictured below of B/1/7th Cav Rgt, 1st Cav Div - Orange background with horse's head.

Encinitas, California, United States, of America

For PFC/E-3, James Ackerman and all those, who knew him and loved him, I just want to say, thank you, for your dedication and sacrifice! Please know, that you have, not been forgotten and always, will hold a special place, in my heart! It would have been nice, to have known, you, as a person and I greatly, appreciate your service! I just wish, you, did not, have to pay, so high, a price! You forever will, be a hero, in my eyes!

Thursday, November 29, 2001

PFC James Carroll Ackerman, Jr

DEATH 22 Mar 1968 (aged 20)

Hue, Thừa Thiên-Huế, Vietnam

Ontario, Richland County, Ohio, USA

United States Army Private First Class Ackerman was killed in action in the Vietnam War. James, radioman, served with Company B, 1st Battalion, 7th Cavalry.

James was posthumously awarded two Purple Hearts and Army Commendation Medal. He was the 22nd Richland County soldier to die in the Vietnam War.

James is honored on the Vietnam Memorial Wall 45E053.

From 'The National Archives':

Field Title Value Meaning

MILITARY SERVICE A DA [Department of the Army]

COUNTRY OF CASUALTY VS Republic of Vietnam (South Vietnam)

TYPE OF CASUALTY A1 Hostile - Killed

REFERENCE NUMBER 12427 12427

NAME ACKERMAN JAMES CARROLL JR ACKERMAN JAMES CARROLL JR

DATE RECORD PROCESSED 6803 6803

SOCIAL SECURITY OR SERVICE # 51878944 51878944

MILITARY GRADE PFC PRIVATE FIRST CLASS

PAY GRADE E3 PRIVATE FIRST CLASS (U.S. ARMY) or AIRMAN FIRST CLASS (U.S. AIR FORCE) or LANCE CORPORAL (U.S. MARINE CORPS) or GRADE/RATE ABBREVIATIONS WITH FIRST COLUMN: A,C,D,F,H,S,or T SECOND COLUMN: A THIRD AND FOURTH COLUMNS: BLANK (U.S. NAVY, U.S. COAST GUARD)

DATE OF DEATH or DATE DECLARED DEAD (MM/DD/YYYY) 03/22/68 03/22/1968

HOME OF RECORD CITY MANSFIELD MANSFIELD

HOME OF RECORD STATE CODE 36 Ohio

SERVICE OCCUPATIONAL CODE 11B10 Light Weapons Infantry (ARMY)

DATE OF BIRTH (MM/DD/YYYY) 11/29/47 11/29/1947

REASON D Gunshot or Small Arms Fire

AIRCRAFT OR NOT AIRCRAFT 7 Ground Casualty

RELIGION CODE 72 Protestant- No Denominational Preference

MARITAL STATUS S Single (Spouse Not Listed)

POSTHUMOUS PROMOTION 0 Not Posthumously Promoted

DATE TOUR IN SOUTHEAST ASIA BEGAN (MM/DD/YYYY) 671214 12/14/1967

LAST RECORD CODE 1 Final Record

BODY RECOVERED OR NOT * Body Recovered

COMPONENT Y Selective Service

PROVINCE CODE 02 Military Region 1 - Thua Thien

James Carroll Ackerman Jr

Full Name Ackerman, James Carroll Jr

Specialty Light Weapons Infantry (ARMY)

Religion Protestant - No Denominational Preference

Date Of Birth 29 Nov 1947

Tour Start Date 14 Dec 1967

Casualty Date 22 Mar 1968

Casualty Type Hostile, Died

Died Of Gun, Small Arms Fire

Ground Air Sea Ground Casualty

Place Not available, South Vietnam

Casualty Location Not available

Enlistment Type Selective Service

Major Command 1st Cav Div

Conflict Period Vietnam War

Served For United States of America

Army - 14 Dec 1967 - 1st Cav Div - Private First Class

22 Mar 1968 - Hostile, Died - Gun, Small Arms Fire

From 'Richland County Geneology Society's Veterans Index':

Ackerman, James Carroll, Jr., Mansfield Memorial Park, Ontario, OH, Vietnam War, TS/IR/WD/OB: b. 29 Nov 1947, d. 22 Mar 1968 north of Hue in Vietnam, OHIO, Private First Class, Radioman, Co. B, 1st Battalion, 7th Cavalry, posthumously awarded Purple Heart, recipient of Silver Star, two Purple Hearts and Army Commendation Medal. He was the 22nd Richland County soldier to die in the Vietnam War


Assista o vídeo: Tanques Norteamericanos, 1918-1992 (Janeiro 2022).